Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do efeito do disseleneto de difenila (PhSe)2 sobre a viabilidade do biofilme produzido por Candida albicans

Processo: 14/14148-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Engenharia Médica
Pesquisador responsável:Maricilia Silva Costa
Beneficiário:Marília Toledo Braga
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Bioengenharia   Antifúngicos   Compostos orgânicos   Biofilmes   Candida albicans   Estudos de viabilidade

Resumo

A Candida albicans é um fungo oportunista capaz de produzir infecções, tanto superficiais, como sistêmicas em pacientes imunocomprometidos. Tem sido demonstrado que biofilmes de C. albicans apresentam resistência as diferentes drogas antifúngicas e, que, as infecções relacionadas a formação de biofilme são, frequentemente, refratárias as terapias convencionais. Assim, o desenvolvimento de terapias antifúngicas mais eficientes, principalmente contra as infecções associadas a formação de biofilmes é de extrema importância. Tem sido demonstrada a habilidade de diferentes compostos organocalcogêneos em inibir, tanto o crescimento como a formação de tudo germinativo em C. albicans. Assim, o objetivo deste projeto é estudar os efeitos do composto organocalcogêneo disseleneto de difenila (PhSe)2 sobre a viabilidade do biofilme de Candida albicans.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)