Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção de atrazina e prometrina via Espalhamento Raman amplificado em superfície (SERS) utilizando nanopartículas de prata com distintas morfologias

Processo: 14/16693-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 11 de março de 2015
Vigência (Término): 10 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Carlos José Leopoldo Constantino
Beneficiário:Rafael Jesus Gonçalves Rubira
Supervisor no Exterior: Santiago Sanchez-Cortes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa : Centro de Física Miguel Antonio Catalán (CFMAC), Espanha  
Vinculado à bolsa:14/00244-0 - Detecção dos herbicidas atrazina e prometrina via Espalhamento Raman amplificado em superfície (SERS), BP.MS

Resumo

Neste projeto de estágio de pesquisa no exterior que está inserido no projeto de mestrado FAPESP 2014/00244-0 será investigada a detecção dos herbicidas atrazina e prometrina via espalhamento Raman amplificado em superfície (SERS). Os limites de potabilidade associados aos pesticidas atrazina e prometrina são da ordem de 10-10 mol/L. Portanto, a detecção de tal concentração é um desafio que exige a utilização de técnicas de alta sensibilidade e seletividade, o que é o caso de SERS. Neste estágio serão realizadas medidas de SERS dos herbicidas dissolvidos em suspensões coloidais contendo nanopartículas de prata com distintas morfologias, objetivando compreender o papel desempenhado por este parâmetro na detecção destes herbicidas, sempre considerando seus respectivos limites de concentração para a água potável. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.