Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de microRNAs associados às quinases ROCK em osteosarcoma e seu papel no processo de invasão celular

Processo: 14/07117-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Luiz Gonzaga Tone
Beneficiário:Lara Elis Alberici Delsin
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia pediátrica   MicroRNAs   Quinases associadas a rho   Osteossarcoma

Resumo

Osteosarcoma é uma neoplasia que acomete principalmente as metáfises de ossos longos, sendo o tumor ósseo pediátrico mais comum. O tratamento consiste em ressecção cirúrgica, além de tratamento multimodal neo-adjuvante e adjuvante. No entanto, cerca de 80% dos pacientes que apresentam metástase tem uma sobrevida curta. Pulmões e ossos são os principais órgãos afetados e não há um tratamento padrão para estes casos. Deste modo, torna-se necessário um melhor entendimento do processo metastático, assim como da busca por novos alvos terapêuticos. A principal via relacionada à invasão e migração das células neoplásicas é a das GTPases Rho, cujas principais moléculas efetoras são as quinases ROCK1 e 2, responsáveis por mediar a migração através do controle do citoesqueleto. Tais quinases têm sido relatadas como hiperexpressas em diversas neoplasias, incluindo o osteosarcomas, e associando-as ao pior prognóstico. Recentemente, pesquisas também têm apontado a desregulação de microRNAs na tumorigênese, sendo que a hipoexpressão de alguns microRNAs estão relacionados à hiperexpressão das quinases ROCK e, portanto, envolvidos no processo metastático. No presente estudo pretende-se analisar a expressão tanto das ROCKs quanto de determinados microRNAs relacionados em amostras tumorais, além de realizar ensaios funcionais em linhagens após induzir ou reprimir a expressão dos microRNAs associados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DELSIN, L. E. A.; ROBERTO, G. M.; FEDATTO, P. F.; ENGEL, E. E.; SCRIDELI, C. A.; TONE, L. G.; BRASSESCO, M. S. Downregulated Adhesion-Associated microRNAs as Prognostic Predictors in Childhood Osteosarcoma. Pathology & Oncology Research, v. 25, n. 1, p. 11-20, JAN 2019. Citações Web of Science: 1.
ROBERTO, GABRIELA MOLINARI; VIEIRA, GABRIELA MACIEL; ALBERICI DELSIN, LARA ELIS; SILVA, MARCELA DE OLIVEIRA; HAKIME, RODRIGO GUEDES; ENGEL, EDGARD EDUARD; SCRIDELI, CARLOS ALBERTO; TONE, LUIZ GONZAGA; BRASSESCO, MARIA SOL. MiR-708-5p is inversely associated with EWS/FLI1 Ewing sarcoma but does not represent a prognostic predictor. CANCER GENETICS, v. 230, p. 21-27, JAN 2019. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DELSIN, Lara Elis Alberici. Avaliação de microRNAs associados às quinases ROCK em osteossarcoma e seu papel no processo de invasão celular. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.