Busca avançada
Ano de início
Entree

Integralismo lusitano, nacionalismo católico e educação: conexões entre intelectuais brasileiros e portugueses nas décadas de 1920 e 1930

Processo: 14/18378-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 03 de novembro de 2014
Vigência (Término): 02 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Mauro Castilho Gonçalves
Beneficiário:Mauro Castilho Gonçalves
Anfitrião: Justino Pereira de Magalhaes
Instituição-sede: Faculdade de Educação. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade de Lisboa, Portugal  
Assunto(s):Catolicismo   História da educação   Imprensa   Intelectuais

Resumo

A finalidade da pesquisa é investigar as conexões e contatos estabelecidos entre intelectuais portugueses e brasileiros, nomeadamente os católicos, durante as décadas de 1920 e 1930. Objetiva-se compreender como se processou no campo da educação escolar o diálogo científico e acadêmico entre os pensadores desses dois países, considerando a produção, a circulação de ideias pedagógicas e culturais e os debates em torno de projetos relativos às políticas educativas. O recorte cronológico refere-se ao intenso debate científico e ideológico que marcou as duas nações naquele contexto: de um lado, o movimento denominado integralismo lusitano; de outro, o nacionalismo de base católica, defendido por grupos ligados à Igreja no Brasil. Parte-se do pressuposto que as duas perspectivas expressaram ideológica e politicamente diferenças internas e aproximações estratégicas, provocadas pela complexa rede de interesses e projetos comuns ou contraditórios, a considerar o profícuo debate que marcou aquelas décadas em ambos os países, cenário que a pesquisa se propõe a mapear e analisar.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)