Busca avançada
Ano de início
Entree

Ecologia e história natural de serpentes da Mata Atlântica na região de Sete Barras, sul do estado de São Paulo

Processo: 14/11855-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Otavio Augusto Vuolo Marques
Beneficiário:Bruno Ferreto Fiorillo
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50206-9 - Origem e evolução das serpentes e a sua diversificação na região neotropical: uma abordagem multidisciplinar, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Herpetologia   História natural   Serpentes   Sete Barras (SP)   Mata Atlântica

Resumo

As taxocenoses de serpentes neotropicais apresentam alta complexidade e diversidade. A Mata Atlântica é um dos 25 hotspots de biodiversidade e apresenta um dos maiores níveis de endemismo do mundo. São conhecidas atualmente mais de 150 espécies de serpentes para este domínio morfoclimático, porém ainda há muitas áreas de Mata Atlântica que têm sido pouco estudadas. Assim, estudos que forneçam informações sobre a fauna nativa deste tipo de formação são de grande importância para conservação. O trabalho de campo do presente projeto já foi realizado entre abril de 2013 e março de 2014 na Fazenda Etá (24.30264 S; 047.96106 W), localizada no município de Sete Barras, estado de São Paulo. Durante 12 meses foram feitas amostragens mensais que duraram 14 dias cada. Foram utilizados os seguintes métodos de amostragem: (1) armadilhas de queda e de funil ao longo de cercas-guia; (2) procura visual limitada por tempo; (3) coleta por terceiros e (4) encontros ocasionais. Durante o período de amostragem, foram encontradas na área de estudo 17 espécies de serpentes distribuídas em quatro famílias e 14 gêneros. Das espécies encontradas, serão apresentados dados sobre tamanho, abundância, uso do ambiente e de substratos, atividade diária, defesa, atividade sazonal, dieta e reprodução. Foram coletados e preparados um máximo de 10 exemplares por espécie, que estão sendo depositados no Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FIORILLO, BRUNO FERRETO; FARIA, CAROLINA SCONFIENZA; SILVA, BRUNO ROCHA; MARTINS, MARCIO. Anurans from preserved and disturbed areas of Atlantic Forest in the region of Eta Farm, municipality of Sete Barras, state of Sao Paulo, Brazil. Biota Neotropica, v. 18, n. 4, p. -, 2018. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FIORILLO, Bruno Ferreto. Estrutura da comunidade de Serpentes da Região da Fazenda Etá. 2016. 94 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.