Busca avançada
Ano de início
Entree

Ciclo de vida das propriedades microfísicas das nuvens amazônicas e sua interação com os aerossóis

Processo: 14/21189-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 02 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 01 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Luiz Augusto Toledo Machado
Beneficiário:Micael Amore Cecchini
Supervisor no Exterior: Manfred Wendisch
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos, SP, Brasil
Local de pesquisa : Leipzig University, Alemanha  
Vinculado à bolsa:14/08615-7 - Processos de formação da precipitação: um estudo sobre a microfísica, a interação com aerossóis e o ciclo de vida da nuvem a partir de medidas de radares e aeronaves, BP.DR
Assunto(s):Amazônia   Microfísica de nuvens

Resumo

O objetivo principal dessa proposta é a análise das distribuições de tamanho de partículas (PSDs - tanto gotas líquidas quanto partículas de gelo) em vários níveis verticais e em diferentes estágios de vida de sistemas convectivos na Amazônia. A aeronave HALO esteve em Manaus como parte do experimento ACRIDICON/CHUVA, medindo partículas de aerossóis, microfísica de nuvens, gases traço e radiação. As sondas de nuvens serão utilizadas para as análises das PSDs e alguma informação sobre os aerossóis será necessária para a identificação de regiões relativamente poluídas e limpas. Os dados das PSDs serão analisados com a parametrização Gamma, que consiste em ajustar uma curva definida por 3 parâmetros a cada medição. O conjunto de dados desses três parâmetros relativos a uma grande quantidade de distribuições serão utilizados para definir o espaço Gamma, que representa a variabilidade observável nas PSDs. Este espaço será utilizado para descrever diversas propriedades dos sistemas convectivos, por exemplo suas estruturas verticais e as características do crescimento dos hidrometeoros. Além disso, o espaço Gamma também pode ser utilizado para diferenciar eventos convectivos individuais, localizando-os em diferentes regiões. Se diferentes PSDs são localizadas em diferentes regiões do espaço Gamma, o efeito dos aerossóis também pode ser observado por essa metodologia, especialmente para o estudo de gotas de nuvem. Este projeto será desenvolvido sob a orientação do Dr. Manfred Wendisch em Leipzig, Alemanha, em uma visita de 7 meses. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.