Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização dos estratos arbustivo-arbóreo e regenerante de remanescentes florestais inseridos em matriz agrícola

Processo: 14/20823-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Ricardo Ribeiro Rodrigues
Beneficiário:Helen Nunes Breyer
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/50718-5 - Restauração ecológica de florestas ciliares, de florestas nativas de produção econômica e de fragmentos florestais degradados (em APP e RL), com base na ecologia de restauração de ecossistemas de referência, visando testar cientificamente os preceitos do Novo Código Florestal Brasileiro, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Restauração ecológica   Processos ecológicos e ambientais   Dispersão de sementes   Fragmentos florestais   Coleta de dados

Resumo

A composição e a estrutura da comunidade podem ser indicadores de avaliação e monitoramento da vegetação em áreas restauradas, assim como a regeneração natural, que aponta se plântulas de espécies do plantio e do entorno estão colonizando as áreas em restauração. Esses parâmetros podem expressar os efeitos da efetiva restauração dos processos ecológicos e a possibilidade de perpetuação da comunidade vegetal na área em processo de restauração. Através da comparação entre a vegetação das áreas restauradas e dos remanescentes florestais do entorno é possível identificar se está ocorrendo fluxo biológico entre essas áreas, ou seja, se os processos ecológicos estão atuando para garantir a chegada de novas espécies na área restaurada, promovendo o resgate de biodiversidade, que é o requisito principal para a sustentabilidade das áreas em restauração. Desta forma, a caracterização da vegetação dos fragmentos remanescentes, inseridos em matriz agrícola e localizados no entorno de áreas em processo de restauração, se torna crucial para a avaliação da efetividade das ações de restauração e para a conservação da biodiversidade remanescente na paisagem fragmentada. O objetivo deste estudo é, portanto, caracterizar os estratos arbustivo-arbóreo e regenerante de fragmentos florestais inseridos em matriz de cana-de-açúcar, sendo base para o monitoramento de áreas em restauração localizadas no entorno e para o manejo adaptativo de fragmentos florestais visando à conservação da biodiversidade remanescente da paisagem regional. Para o estudo, o aluno bolsista deverá visitar os remanescentes florestais, realizar coleta de material botânico para posterior identificação em herbário e/ou através de consulta a especialistas. O desenvolvimento do projeto proporcionará ao bolsista treinamento com aplicação de métodos de coleta e análise de dados científicos em projetos de restauração florestal e, de uma forma geral, capacitação para o desenvolvimento de um projeto de pesquisa, do planejamento da coleta de dados à elaboração de um relatório/artigo com a discussão dos resultados. (AU)