Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da suscetibilidade à ocorrência de escorregamentos nas encostas marginais de barragens de terra: estudo de caso na bacia hidrográfica do Ribeirão do Roque.

Processo: 14/19738-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Fábio Augusto Gomes Vieira Reis
Beneficiário:Willian Derek Ruiz
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Vulnerabilidade   Suscetibilidade   Geologia ambiental   Barragens

Resumo

Barragens podem ocasionar sérios impactos, especialmente, quando não há um planejamento rigoroso de seu projeto e sua implantação, sendo que a Política Nacional de Segurança de Barragens potencializou a relevância do tema, contudo é focada em empreendimentos de médio e grande porte. Apesar das barragens de pequeno porte não possuírem o potencial destruidor das de grande e médio porte, podem potencializar a ocorrência de corridas de detritos. O presente projeto tem como objetivo avaliar parâmetros fisiográficos e de uso e ocupação da terra associados à ocorrência de escorregamentos em encostas no entorno de barragens de terra na bacia hidrográfica do Ribeirão do Roque, estabelecendo a vulnerabilidade dos barramentos à esses processos. Ressalta-se que a bacia do Ribeirão do Roque, possui 95 barragens de terra de pequeno e médio portes, 88 tanques em áreas de planície aluvionar e 18 áreas de mineração, sendo que nessa bacia já ocorreu o rompimento de barragens, causando danos à propriedades rurais e construções civis. As seguintes etapas serão executadas na pesquisa: levantamento bibliográfico; organização de banco de dados; definição da suscetibilidade à escorregamentos; levantamento das barragens na bacia; elaboração de Carta Preliminar de Suscetibilidade à Escorregamentos; levantamento de campo e elaboração da Carta Final de Suscetibilidade à Escorregamentos; e definição de critérios para definição da Vulnerabilidade das Barragens. Como produto final do projeto serão elaboradas Cartas de Suscetibilidade à Escorregamentos e Carta de Vulnerabilidade das Barragens, com seus respectivos critérios.