Busca avançada
Ano de início
Entree

A interação e o feedback no processo de ensino/aprendizagem de línguas estrangeiras entre diferentes culturas em teletandem: a perspectiva do exterior

Processo: 14/14442-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 08 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 07 de julho de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Aplicada
Pesquisador responsável:Daniela Nogueira de Moraes Garcia
Beneficiário:Daniela Nogueira de Moraes Garcia
Anfitrião: Michael Jones Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Local de pesquisa : Georgetown University, Estados Unidos  
Assunto(s):Feedback   Interação   Teletandem

Resumo

O teletandem, definido como um contexto virtual, autônomo e colaborativo de aprendizagem de línguas estrangeiras que utiliza os recursos de escrita, voz e imagem de webcam da tecnologia VOIP (como o Skype) para o ensino/aprendizagem de línguas estrangeiras, (TELLES, 2009) constitui-se um importante contexto para o projeto ora apresentado. Considerando que existem diferentes visões sobre ensinar e aprender línguas estrangeiras, este projeto de pós-doutorado enfoca a dimensão cultural (que não exclui a linguística) na interação e no feedback dado pelos interagentes no contexto virtual, autônomo e colaborativo do teletandem. Constatamos que o modo de oferecer e receber feedback linguístico entre pares pode gerar tensões, ocasionando conflitos e rupturas nas parcerias de teletandem. Assim, identificamos um profícuo aspecto dos estudos sobre colaboração intercultural mediada pelo computador para investigar (a) De que modo os interagentes de diferentes culturas preferem receber o feedback linguístico (se querem receber e se há semelhanças entre os pares) quando colaboram para aprender línguas estrangeiras em teletandem? e (b) Como o interagente americano responde à preferência do parceiro para ser corrigido? Os participantes de pesquisa serão interagentes americanos em parcerias de teletandem com falantes nativos (ou proficientes) de português, árabe, russo, turco, espanhol, francês em uma universidade americana na qual as ações em teletandem já consolidadas serão implementadas nas aulas das referidas línguas estrangeiras. Os dados serão analisados por um estudo de caso de natureza qualitativa, a partir da observação das gravações das interações em vídeo, questionários gerados via Esurveys a serem aplicados aos participantes de pesquisa e anotações realizadas por eles no chat do Skype. Como resultado, o estudo almeja oferecer subsídios teóricos e práticos a professores envolvidos com a prática e a mediação da aprendizagem de línguas estrangeiras em teletandem, considerando-se o viés cultural e as especificidades das línguas e culturas, nesta modalidade de telecolaboração e comunicação interculturais.