Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da relação entre alterações de ressonância magnética funcional e estrutural e distúrbios de memória e sintomas depressivos em pacientes com epilepsia de lobo temporal mesial

Processo: 14/16559-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Fernando Cendes
Beneficiário:Tamires Araujo Zanão
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Neurociências   Imagem por ressonância magnética funcional   Memória (psicologia)   Depressão   Epilepsia do lobo temporal   Uso de medicamentos

Resumo

A epilepsia é caracterizada recorrência de crises epilépticas associadas a diferentes substratos etiológicos, excluindo as crises sintomáticas provocadas por lesões cerebrais agudas, como colisões que causam injúrias momentâneas ao cérebro ou por desarranjos metabólicos, como febres e uso de drogas. As crises epilépticas apresentam semiologia variável a depender da região cortical envolvida, podendo ser localizadas (focais) ou difusas (generalizadas). O subtipo mais comum de epilepsia focal é a Epilepsia de Lobo Temporal Mesial (ELTM). Aspectos diários da vida das pessoas com epilepsia são afetados por comorbidades que prejudicam a cognição e as relações sociais. Embora seja de conhecimento geral que os sintomas da ELTM não são necessariamente focais, pouco se sabe sobre prejuízos psiquiátricos causados por esse tipo de epilepsia. A disfunção do estado basal ou de repouso cerebral (Resting State Network [RSN]), que inclui uma série de redes que estão conectadas funcionalmente, pode ter um papel na gênesis de complicações cognitivas ou psiquiátricas. Esta hipótese, no entanto, continua sendo especulativa e novos estudos clínicos são necessários para acessar a possível correlação entre a gravidade das disfunções cognitivas e sintomas depressivos em pacientes com ELTM e o prejuízo do RSN (Cataldi et al., 2013). O presente projeto buscará utilizar ressonância magnética funcional e estrutural para analisar possíveis correlações entre o RSN e, mais especificamente o default mode network e o prejuízo de aspectos cognitivos, como a memória episódica, através de subtestes do WMS-R e rey auditory verbal learning test e a ocorrência de depressão, bem como investigar o papel do uso de drogas antiepiléticas e a frequência das crises como fatores agravantes para distúrbios cognitivos em pacientes com ELTM. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.