Busca avançada
Ano de início
Entree

A confiança relacional dos atores locais no poder público: investigação sobre sua influência nos processos de participação ativa

Processo: 14/06295-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 24 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Planejamento e Avaliação Educacional
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Mara Regina Lemes de Sordi
Beneficiário:Sara Badra de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/20119-3 - Em busca de um novo referencial sociológico que fundamente uma perspectiva democrática para o conceito de confiança, BE.EP.DR
Assunto(s):Escola pública

Resumo

O presente projeto pretende contribuir com a investigação dos fatores que afetam a produção de qualidade da escola pública, buscando compreender a centralidade que a categoria "confiança relacional" (BRYK et al., 2010) assume em políticas que se denominam participativas. Partimos da relevância desta categoria no âmbito interno da escola, tendo como hipótese que a fragilização da confiança nos órgãos decisórios centrais que formulam a política tende a desestabilizar a escola e seus processos de trabalho. A rede municipal de educação de Campinas emerge como foco de investigação dada a experiência desta rede com a política de avaliação institucional participativa que visa estimular a participação ativa dos atores das escolas nos processos de negociação da qualidade de ensino. Tendo em vista o atual momento de incertezas e descontinuidades do apoio do poder público em relação a esta política, somado ao desapontamento dos atores das escolas, propomos investigar como as percepções de confiança dos professores em relação ao poder público, e em relação aos demais atores da escola, afetam sua disposição para participarem ativamente dos processos de negociação. As escolhas metodológicas contemplam mapeamento dos graus de confiança relacional das 44 escolas da rede por meio de questionário; imersão por meio de observação na realidade de escolas selecionadas de acordo com os distintos graus de confiança apresentados; entrevistas semi-estruturadas e grupos focais; e definição de categorias de análise que permitam compreender a relação entre a confiança relacional e a participação ativa. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIVEIRA, Sara Badra de. O papel da confiança interpessoal e institucional nos processos participativos de avaliação da qualidade da escola pública. 2019. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.