Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular de cepas de Brucella canis circulantes no Brasil

Processo: 14/21544-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 14 de setembro de 2015
Vigência (Término): 13 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Jane Megid
Beneficiário:Acácia Ferreira Vicente
Supervisor no Exterior: Virginie Mick
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa : Agence Nationale de Sécurité Sanitaire de l’Alimentation, de l’Environnement et du Travail (ANSES), França  
Vinculado à bolsa:14/00889-0 - Brucelose canina: avaliação da diversidade genética e desenvolvimento de novas ferramentas de tipagem molecular para Brucella canis, BP.DR
Assunto(s):Brucella canis   Epidemiologia molecular   Doenças transmissíveis

Resumo

A brucelose é uma zoonose com grande impacto na saúde pública e economia mundial. A bruelose canina, regularmente diagnosticada no Brasil, tem sua importância na saude pública em função da proximidade animal/homem. Do ponto de vista econômico causa prejuízos a canis devido às perdas reprodutivas e dificuldade ou impossibilidade terapêutica. A genotipagem de patógenos é essencial para acompanhar correntes de transmissão para a vigilância de doenças locais e globais. Este trabalho pretende avaliar a diversidade genética da população de B. canis no estado de São Paulo comparando-as com cepas européias e asiáticas através do MLVA-16; analisar in silico genes supostamente envolvidos na resistência a drogas, determinantes de virulência e elementos genéticos móveis; além de desenvolver nova ferramenta epidemiológica por meio do sequenciamento do genoma completo destas estirpes. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.