Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da qualidade do sono nas concentrações de cortisol em idosos saudáveis

Processo: 14/19331-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Juliana Nery de Souza Talarico
Beneficiário:Juliana Rosendo da Silva
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sono   Idosos   Estresse psicológico   Hidrocortisona

Resumo

Mediante o envelhecimento populacional, objetiva-se cada vez mais propiciar aos idosos qualidade de vida. O cortisol, um dos principais hormônios do estresse, liberado em resposta à uma situação estressante e decorrente da ativação do eixo hipotalâmico-pituitário-adrenal (HPA), pode exercer um efeito negativo sobre o organismo quando sua liberação ocorre cronicamente. Alguns hábitos cotidianos como o sono podem influenciar vários sistemas do organismo dentre eles o funcionamento do eixo HPA. Neste sentido, o presente estudo busca identificar se há associação entre a qualidade de sono e os níveis de cortisol em idosos saudáveis. Questiona-se se uma baixa qualidade de sono estaria associada com padrão atípico de concentração de cortisol durante o envelhecimento. Isenta de déficits cognitivos e funcionais, a amostra em estudo composta por 122 idosos, responderá a um instrumento - "Pittsburgh Sleep Quality Index" (PSQI), devidamente traduzido, cuja finalidade é avaliar a qualidade e os distúrbios do sono sob a perspectiva de 7 componentes. Em seguida, os idosos coletarão amostras de saliva para quantificar os níveis de cortisol; a coleta será executada pelos próprios participantes em ambiente domiciliar, conforme orientações. Os achados da presente proposta podem contribuir com a compreensão de fatores que expliquem a variabilidade na concentração de cortisol em idosos. Além disso, dado que concentrações de cortisol elevadas de cortisol estão associadas com prejuízo da memória, os resultados podem contribuir para identificação de fatores moderadores da relação entre estresse e cognição durante o envelhecimento. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.