Busca avançada
Ano de início
Entree

Padrões e processos de evolução genital em Pentatomidae: Pentatominae (Insecta, Hemiptera)

Processo: 14/21104-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Cristiano Feldens Schwertner
Beneficiário:Bruno Celso Feltrin Genevcius
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Evolução animal   Genitália   Morfologia animal   Seleção sexual   Sistemática

Resumo

Alta variabilidade interespecífica nas genitálias masculinas é um dos fenômenos mais amplamente documentados em animais. Por outro lado, as genitálias femininas são pouco conhecidas para diversos grupos, frequentemente assumidas a priori como pouco variáveis em trabalhos taxonômicos, sistemáticos e evolutivos. Os processos responsáveis pela evolução dessas estruturas ainda estão começando a ser compreendidos, mas diversas evidências apontam para a seleção sexual como um mecanismo geral. Em animais de sistema poligâmico, a ação da seleção sexual parece ser muito mais acentuada, resultando em genitálias extremamente complexas e formadas por diversos componentes cujas funções vão além da simples transferência de esperma. Devido à alta diversidade funcional genital em animais poligâmicos, a ação de distintos mecanismos evolutivos atuando sobre diferentes peças de uma mesma genitália é provável (i.e. seleção sexual direcional, estabilizadora ou evolução neutra). Entretanto, rigorosamente todos os trabalhos de evolução genital se restringem a somente uma única peça genital por sexo, e, portanto, a hipótese de distintos mecanismos atuando sobre diferentes componentes de uma mesma genitália ainda não foi testada. Insetos da subfamília Pentatominae representam um bom grupo modelo para estudos dessa natureza, uma vez que tanto os machos quanto as fêmeas possuem genitálias bem desenvolvidas externamente. Os pentatomíneos são insetos de genitálias relativamente complexas e muito bem conhecidas do ponto de vista morfológico. Por outro lado, os padrões e processos evolutivos associados a essas estruturas no grupo são desconhecidos. Para que se possa avançar neste campo, o projeto em questão se propõe a reconstruir a história evolutiva de Pentatominae utilizando dados moleculares a fim de se testar a hipótese de alternativos mecanismos evolutivos atuando sobre uma mesma genitália e investigar as taxas de evolução das genitálias de machos e fêmeas no grupo. Também será conduzido um teste múltiplo de hipóteses sobre a função e o modo de funcionamento das peças genitais neste grupo de insetos. Tal aspecto é praticamente inexplorado em Pentatomidae e fundamental para o desenvolvimento de hipóteses futuras acerca da evolução das genitálias no grupo. (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GENEVCIUS, BRUNO C.; SIMON, MONIQUE N.; MORAES, TAMARA; SCHWERTNER, CRISTIANO F. Copulatory function and development shape modular architecture of genitalia differently in males and females. Evolution, v. 74, n. 6 MAY 2020. Citações Web of Science: 0.
GENEVCIUS, BRUNO C.; BAKER, JOANNA; BIANCHI, FILIPE M.; MARVALDI, ADRIANA E. Female-driven intersexual coevolution in beetle genitalia. JOURNAL OF EVOLUTIONARY BIOLOGY, APR 2020. Citações Web of Science: 0.
GENEVCIUS, BRUNO C.; SCHWERTNER, CRISTIANO F. Strong functional integration among multiple parts of the complex male and female genitalia of stink bugs. Biological Journal of the Linnean Society, v. 122, n. 4, p. 774-786, DEC 2017. Citações Web of Science: 0.
GENEVCIUS, B. C.; CAETANO, D. S.; SCHWERTNER, C. F. Rapid differentiation and asynchronous coevolution of male and female genitalia in stink bugs. JOURNAL OF EVOLUTIONARY BIOLOGY, v. 30, n. 3, p. 461-473, MAR 2017. Citações Web of Science: 9.
BIANCHI, FILIPE M.; GENEVCIUS, BRUNO C.; VICENTINI, BARBARA DA S. Heterospecific mating between distantly related species of stink bugs and its evolutionary implications. Journal of Natural History, v. 51, n. 45-46, p. 2701-2709, 2017. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.