Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito imediato de uma sessão de treinamento do Método Pilates sobre o padrão de co-contração dos músculos estabilizadores do tronco em indivíduos com e sem dor lombar dor lombar crônica inespecífica

Processo: 14/15446-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Nise Ribeiro Marques
Beneficiário:Laura Zanforlin Nagel
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Dor lombar   Eletromiografia   Fisioterapia

Resumo

Introdução: Estudos pregressos demostraram que a insuficiência da função muscular leva ao estresse e cargas indevidas sobre as articulações e ligamentos da coluna vertebral. Atualmente, os exercícios denominados de estabilização segmentar lombo-pélvica são apontados, na fisioterapia, como a ferramenta ideal para a prevenção e reabilitação da dor lombar de origem desconhecida. Nessa classe de exercícios, está o Método Pilates. A realização dos exercícios do Método Pilates visa a solicitação voluntária do recrutamento dos músculos estabilizadores do tronco, com o intuito de promover uma nova programação neuromuscular, que pode ser transferida para atividades de vida diária. Nesse sentido, é importante determinar se a prática de uma sessão do Método Pilates pode promover alterações no padrão de co-contração dos músculos estabilizadores do tronco. Objetivo: O presente estudo terá por objetivo analisar o efeito imediato de uma sessão de exercícios do Método Pilates sobre o padrão de co-contração (agonista/antagonista) dos músculos superficiais (iliocostal lombar e reto abdominal) e profundos (oblíquo interno e múltifido) do tronco, bem como, as respostas antecipatórias para a estabilização lombo-pélvica em indivíduos com e sem dor lombar. Métodos: Participarão do estudo sujeitos adultos, de ambos os gêneros. Os participantes serão divididos em dois grupos: o grupo com dor lombar e o grupo sem dor lombar. O procedimento de coleta de dados será realizado em dois dias. No primeiro dia, os dados pessoais, características antropométricas, as contrações isométricas voluntárias máximas (CIVM), o teste de Biering-Sorensen e a familiarização com o protocolo de exercícios do Método Pilates. No segundo dia, serão realizados o teste de elevação do braço, o protocolo de exercícios do Método Pilates e, após repouso de 10 minutos, serão realizados, novamente, os testes de elevação do braço e de Biering-Sorensen. Para determinação da CIVM serão efetuados quarto testes em posições diferentes e cada teste será executado três vezes, com manutenção da contração por 4 segundos. Para a realização do teste de Biering-Sorensen, os participantes estarão posicionados deitados em decúbito ventral sobre uma maca, com a borda superior da crista ilíaca posicionada no limite superior da maca e o tronco apoiado sobre uma superfície removível. Com os membros superiores cruzados a frente do tórax, os participantes realizarão a extensão máxima do tronco e manutenção do movimento por meio da contração isométrica dos eretores espinha. O tempo será registrado por um cronômetro. O teste de elevação de braço será executado com a flexão do membro superior dominante. Neste teste serão realizados 10 movimentos de flexão de ombro. Três exercícios do Método Pilates (Hundreds nível I, One Leg Stretch nível I e One Leg Circle nível I) que trabalham a cadeia muscular primária serão realizados. O protocolo de exercícios terá duração de aproximadamente 30 minutos. Os sinais eletromiográficos dos músculos oblíquo interno, multífido lombar, iliocostal lombar, fibras superiores do reto abdominal serão coletados durante a CIVM, o teste de Biering-Sorensen e o teste de elevação do ombro. Para o teste de flexão de ombro, também serão coletados os sinais eletromiográficos do músculo deltóide anterior (DA), unilateral conforme a dominância de membros superiores. Os sinais EMG serão retificados (retificação por onda inteira), filtrados (filtro passa-banda de 20-500 Hz) e suavizados (filtro passa baixa de 4ª ordem com frequência de corte de 6 Hz) para a criação do envelope linear. O envelope linear será normalizado pela CIVM e depois será calculado o indíce de cocontração. Além disso, o tempo de onset EMG será determinado a partir da alteração de dois desvios-padrão a partir do valor de ativação em repouso e a diferença entre o tempo de onset do DA e OI e DA e MU será calculada.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALINE PRIETO DE BARROS SILVEIRA; LAURA ZANFORLIN NAGEL; DAYANE DIAS PEREIRA; ÂNGELA KAZUE MORITA; DEBORAH HEBLING SPINOSO; MARCELO TAVELLA NAVEGA; NISE RIBEIRO MARQUES. Efeito imediato de uma sessão de treinamento do método Pilates sobre o padrão de cocontração dos músculos estabilizadores do tronco em indivíduos com e sem dor lombar crônica inespecífica. Fisioter. Pesqui., v. 25, n. 2, p. -, Jun. 2018.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.