Busca avançada
Ano de início
Entree

Elaboração de uma vacina quimérica multicomponente recombinante baseada em epitopos de proteínas de carrapatos Rhipicephalus microplus

Processo: 14/11010-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Beatriz Rossetti Ferreira
Beneficiário:Andressa Fisch
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/21401-4 - Buscando epítopos de antígenos vacinais apresentados pelo BoLA-DR para o desenvolvimento de uma vacina baseada em vários epítopos contra infestações de carrapatos de R. microplus, BE.EP.DR
Assunto(s):Biologia molecular   Rhipicephalus sanguineus   Carrapatos   Imunização   Imunologia veterinária   Desenvolvimento de vacinas

Resumo

Carrapatos são importantes transmissores de doenças para humanos e animais e promovem perdas significativas no setor de produção de bovinos. O tratamento das infestações pode ser feito com acaricidas, porém a seleção de parasitas resistentes e a contaminação ambiental apontam a necessidade de outros métodos de controle. As vacinas já disponíveis contra carrapatos apresentam resultados variáveis de proteção entre os rebanhos bovinos e resposta imunológica de memória pouco duradoura, indicando a necessidade de elaborar vacinas mais eficientes. Neste projeto propomos realizar a construção de uma proteína recombinante formada por epítopos oriundos de proteínas de R. microplus selecionados pela técnica SPOT peptide synthesis. Inicialmente, as proteínas Rm40, Rm76, Rm239, Rm1756 e Rm2879 serão produzidas e avaliadas com relação ao seu potencial de proteção de camundongos contra infestação desafio por carrapatos R. sanguineus. As proteínas que promoverem a queda nos índices biológicos e reprodutivos dos carrapatos serão utilizadas na inoculação de cães e bovinos, e o soro imune destes animais será utilizado para o mapeamento de epítopos pela técnica SPOT, a fim de identificar quais regiões induzem imunidade nas espécies-alvo do produto final. Por fim, as sequências dos epítopos reagentes serão utilizadas para a síntese de uma proteína recombinante quimérica que permita a expressão dos epítopos em uma única estrutura fusionada. A proteína quimérica recombinante multicomponente será utilizada para a imunização de camundongos que posteriormente serão submetidos a uma infestação desafio com carrapatos R. sanguineus na qual sua atividade como vacina será avaliada. (AU)