Busca avançada
Ano de início
Entree

A aplicação de técnicas de análise espacial na identificação de regiões urbanas homogêneas: o caso da aglomeração urbana de Piracicaba

Processo: 14/23967-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Métodos e Técnicas do Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Gustavo Garcia Manzato
Beneficiário:João Antonio Camargo Matiolli
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Planejamento territorial urbano   Aglomerações urbanas   Uso do solo   Monitoramento   Análise espacial   Região metropolitana   Piracicaba (SP)

Resumo

Uma das condições básicas para a formação de regiões metropolitanas é a existência de comunicação eficaz entre municípios vizinhos. Em consequência disto, os transportes desempenham importante papel no processo. Como os fluxos de transporte entre municípios são raramente conhecidos, sobretudo em países em desenvolvimento, a definição das regiões metropolitanas é muitas vezes baseada em outras variáveis, tais como informações demográficas. No entanto, essas definições são, na maioria das vezes, baseadas em aspectos político-administrativos, não levando em consideração métodos quantitativos. Este projeto de pesquisa procura avaliar o caso recente da criação da Aglomeração Urbana de Piracicaba no estado de São Paulo. Para tanto, serão empregadas técnicas de análise espacial, a saber: a estatística espacial e a modelagem espacial, aplicada aos indicadores de densidade populacional e de oferta de infraestrutura rodoviária. Esta abordagem metodológica tem produzido resultados bastante satisfatórios para a definição e monitoramento de regiões metropolitanas, especialmente considerando-se a carência de dados mais específicos para este fim.