Busca avançada
Ano de início
Entree

O documentário da fatura artesanal no pavilhão de criatividade popular do Memorial da América Latina

Processo: 14/24275-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História
Pesquisador responsável:Yanet Aguilera Viruez Franklin de Matos
Beneficiário:Luís Fernando Beloto Cabral
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):Acervo museológico   Arte popular   Artesanato   Curadoria museológica   Catalogação   História da arte   América Latina

Resumo

Este projeto de Iniciação Científica tem como objeto a exposição de longa duração do Pavilhão da Criatividade Popular e está articulado com outras pesquisas de Iniciação Científica propostas conjuntamente, através de grupos de pesquisa da UNIFESP vinculados ao projeto "História da Arte, Conservação e Restauro no Pavilhão da Criatividade Popular: acordo de cooperação técnica com o Memorial da América Latina". Esse projeto de maior amplitude, cadastrado na Base SIEX da UNIFESP, é coordenado pelas Profas. Dras. Leticia Squeff, Manoela Rufinoni e Yanet V. F. De Matos, do Departamento de História da Arte, e objetiva promover o desenvolvimento de pesquisas científicas e atividades de formação nas áreas de história da arte, museologia, conservação e restauro, a partir do estudo do acervo do Pavilhão da Criatividade Popular. Trata-se de um acordo de cooperação técnica entre instituições, conforme carta de apoio fornecida pela Fundação Memorial da América Latina anexa ao presente projeto. As pesquisas de Iniciação Científica voltadas ao acervo do Pavilhão têm como intuito viabilizar e aprimorar práticas de registro e tratamento de acervo; desde uma primeira aproximação de cunho conservativo, até projetos de curadoria e difusão cultural sobre arte e cultura latino-americanas. Dessa forma, as investigações individuais terão uma base comum, pois as referências bibliográficas para compreender esse conjunto de artefatos serão semelhantes (no que respeita à justificativa, síntese da bibliografia fundamental e método de pesquisa). No entanto, cada estudante envolvido no projeto se dedicará ao estudo pormenorizado de um aspecto específico do acervo, cujo recorte está especificado e justificado neste projeto. Inaugurado em 1999, o Memorial da América Latina foi concebido como um espaço voltado à interlocução cultural, política e social entre os países do continente. O projeto cultural da instituição foi acompanhado de perto pelo antropólogo Darcy Ribeiro e o acervo permanente de arte popular, centro de discussão do presente projeto, foi reunido sobretudo por Jacques e Maureen Bisilliat em viagens realizadas durante o ano de 1988, além de doações efetuadas diretamente pelos consulados de México, Guatemala, Peru, Equador e Paraguai. Quinze anos após sua inauguração, contudo, o Pavilhão da Criatividade Popular hoje enfrenta diversas dificuldades relacionadas à carência de profissionais e de recursos. Grande parte do acervo não possui estudos científicos pormenorizados sobre suas especificidades, caracterização material e relação com o contexto cultural de origem; além de não estar devidamente registrado em base de dados organizada e disponível para consulta e interlocução com outras instituições. Diante deste cenário, iniciou-se o citado Acordo de Cooperação Técnica entre o Memorial e a Universidade, buscando atingir duas metas principais: por um lado, envolver os alunos da UNIFESP na prática científica associada ao estudo de acervos de arte popular; e, por outro, fornecer subsídios científicos para o trabalho museológico realizado no Pavilhão da Criatividade (relacionados à catalogação, conservação, difusão e ação educativa), abrindo um espaço profícuo de interlocução entre instituições. (AU)