Busca avançada
Ano de início
Entree

A influência do sexo do avaliador e do uso de faixas estabilizadoras na confiabilidade do dinamômetro manual Lafayette®

Processo: 14/16120-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Débora Bevilaqua Grossi
Beneficiário:Marcelo Rodrigues Barbosa da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fisioterapia   Sistema musculoesquelético   Músculo esquelético   Força muscular   Joelho   Reprodutibilidade dos testes   Dinamômetro de força muscular

Resumo

Mensurar a força muscular é importante seja para propor uma conduta na fase inicial de tratamento, para verificar a eficácia da terapia aplicada ou como critério para a alta do paciente. Para isto existem vários métodos, dentre eles a dinamometria isocinética, que apesar de ser considerada o padrão ouro para esse fim, apresenta desvantagens no alto custo, espaço físico ocupado, entre outras. Outra opção é o dinamômetro manual, que tem preço mais acessível, portabilidade e facilidade no uso, contudo, há inconsistências nos resultados obtidos e falta de padronização em certas articulações, como a do joelho e quadril. Os objetivos desse projeto serão verificar a influência do uso de faixas estabilizadoras na confiabilidade da medida do dinamômetro manual Lafayette® para os movimentos de flexão e extensão de joelho, adução, abdução, flexão, extensão, rotação interna e externa de quadril e quantificar a influência do sexo do avaliador no resultado do dinamômetro manual sem a utilização de faixas. Vinte e quatro indivíduos serão avaliados por dois examinadores de diferentes sexos em dois dias, sendo o primeiro dia com e sem a utilização das faixas pelo examinador do sexo masculino e o segundo sem a utilização das faixas, por uma examinadora do sexo feminino. A análise dos resultados será feita por meio de índices de correlação para quantificar qual a relação e a repetição dos valores encontrados nos testes com e sem a utilização das faixas e para a comparação inter-examinadores. Esses resultados podem trazer conhecimentos que subsidiem a avaliação de um paciente utilizando um dinamômetro manual na prática clínica da fisioterapia, além de prover dados que podem melhorar o tratamento e a evolução do paciente.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)