Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos das alterações na reciclagem de selênio

Processo: 14/22628-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 02 de março de 2015
Vigência (Término): 01 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição
Pesquisador responsável:Anderson Marliere Navarro
Beneficiário:Lígia Moriguchi Watanabe
Supervisor no Exterior: Marla J. Berry
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Hawaii at Manoa (UH), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/25228-4 - Especiação do selênio e sua relação com o tempo de exposição ao antirretroviral em pacientes infectados pelo HIV, BP.MS
Assunto(s):Selênio   Metabolômica

Resumo

Introdução: Selênio (Se), um oligoelemento nutricional essencial, é amplamente utilizado para produção de um único aminoácido selenocisteína (Sec), o qual é co-traducionalmente incorporado em selenoproteínas. O Se para biossíntese de Sec é derivado da dieta ou através da reciclagem do selênio após a degradação de selenoproteínas. A selenocisteína liase (Sec liase ou Scly) é responsável pela reciclagem de selênio celular, sendo, assim, importante na biossíntese de selenoproteínas. Objetivo: O estudo aqui proposto irá ampliar a nossa compreensão e conhecimentos sobre os efeitos das alterações no metabolismo de selênio, principalmente em relação à reciclagem, em modelos de cultura de células e em animais. Metodologia: os camundongos homozigotos KO da mesma idade e tipo selvagem (WT), mesma ninhada homozigótica e/ou C57BL / 6J serão os animais utilizados nas experiências. O conteúdo total de selénio no plasma e no fígado será avaliado por espectrometria de massa com plasma indutivamente acoplado (ICP-MS). Western Blot será realizado para medir a expressão de selenoproteínas GPx1, Sels e SPS2. O nocaute de Scly em células Hepa1-6 será confirmado por qPCR em tempo real, e tratamento com palmitato. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.