Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica do fósforo no solo rizosférico e eficiência de fontes fosfatadas e torta de filtro, em cana-de-açúcar

Processo: 14/23203-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 15 de março de 2015
Vigência (Término): 29 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Paulo Sergio Pavinato
Beneficiário:Bruna Arruda
Supervisor no Exterior: Alan Edward Richardson
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : CSIRO Agriculture, Austrália  
Vinculado à bolsa:13/23575-9 - Dinâmica do fósforo no solo rizosférico e eficiência de fontes fosfatadas e torta de filtro, em cana-de-açúcar, BP.MS
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Fósforo   Rizosfera

Resumo

Em solos tropicais, o fósforo é adsorvido na superfície do óxido, reduzindo a sua disponibilidade para as plantas. Assim, a melhor exploração do solo torna-se importante na região rizosférica onde as raízes das plantas e os microrganismos do solo estão constantemente interagindo. O objetivo deste estudo é avaliar o efeito da torta de filtro sobre a estrutura das comunidades microbianas associadas ao sistema de raízes da cana de açúcar para compreender a forma como a comunidade de microrganismos pode contribuir para a disponibilidade de fósforo para plantas, especialmente sob a fertilização com fontes de baixa solubilidade e como as plantas podem acessá-lo. Além disso, inferir sobre como se pode melhorar a eficiência do uso de fertilizantes fosfatados e identificar a contribuição de cada fonte na formação da estrutura microbiana da rizosfera de cana de açúcar. O experimento será realizado em um Latossolo Vermelho distrófico de Piracicaba - SP, em casa de vegetação, no Departamento de Ciência do Solo - ESALQ-USP em blocos casualizados com quatro repetições. Os tratamentos serão em um esquema fatorial 2x3, com ou sem torta de filtro (10 t MS ha-1), com 3 fontes de fosfato: fosfato solúvel, fosfato de rocha e sem adubo fosfatado. O solo rizosférico será coletado a uma distância de 2 mm a partir da raiz. Estas amostras de solo serão submetidos a extração de DNA total, com posterior utilização de sequenciamento direto para fungos e bactérias, usando Polymerase Chain Reaction (PCR) e técnica de Terminal Restriction Fragment Length Polymorphism (TRFLP). Será realizado o fracionamento de fósforo nas amostras de solo, bem como a acumulação de fósforo no tecido da planta. Os dados moleculares, de fracionamento de fósforo do solo e de acumulo de fósforo no tecido da planta serão analisados por técnicas de análise multivariada adequadas. A correlação entre esses dados vai permitir inferências sobre mudanças na estrutura das comunidades microbianas associadas aos solos cultivados com cana de açúcar, sob diferentes manejos de adubação fosfatada. (AU)