Busca avançada
Ano de início
Entree

Purificação do Complexo VirB3/VirB4/VirB6/VirB8 pertencentes ao T4SS conjugativo dos plasmídeos pCF10 e 89K expressos nas bactérias Gram Positivas Enterococcus faecalis e Streptococcus suis

Processo: 14/15508-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de abril de 2015
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Cristiane Rodrigues Guzzo Carvalho
Beneficiário:Cristiane Rodrigues Guzzo Carvalho
Anfitrião: Gabriel Waksman
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of London, Inglaterra  
Assunto(s):Cristalografia

Resumo

As bactérias e algumas organelas eucarióticas possuem nanomáquinas formadas por grandes complexos proteicos que atuam no processo de secreção, na maioria das vezes, de macromoléculas para o meio extracelular ou diretamente para dentro da célula hospedeira. Estes sistemas são denominados sistemas de secreção. Até o momento, foram identificados 7 classes gerais de sistemas de secreção e o sistema de secreção chaperona/Usher.Existe uma grande diversidade de mecanismo de ação e de função entre os sistemas de secreção e uma grande diversidade de macromoléculas secretadas, mas na maioria dos casos a função está relacionada as interações célula-célula que ocorrem dentro de um ecossistema. Estas associações bióticas incluem associações patogênicas e também associações de mutualismo. Desta forma, os sistemas de secreção tem um papel importante no processo de modular as interações das bactérias com o meio extracelular. Temos como objetivo estudar algumas proteínas integrais de membrana pertencentes ao sistema secreção tipo IV (T4SS), sistema conjugativo (presente em plasmídeos) de bactérias Gram positivas. O T4SS é usado pelas bactérias para injeção de fatores de virulência dentro de células eucarióticas ou procarióticas. O T4SS também está envolvido na injeção de DNA plasmideal dentro da célula receptora, no processo denominado conjugação. O T4SS da família VirB/D4, de bactérias gram negativas, é formada por 12 proteínas, que variam do VirB1 à VirB11 e VirD4. Este sistema pode ser dividido em três partes principais, as ATPases (VirD4, VirB11 e VirB4), os componentes que formam o canal de translocação (VirB3, VirB6, VirB7, VirB8, VirB9, VirB10) e as proteínas que formam o pilus (VirB2 e VirB5). Pretendemos purificar o complexo VirB3-VirB4-VirB6-VirB8 do T4SS dos plasmídeos pCF10 e 89K das bactérias Gram positivas Enterococcus faecalis e Streptococcus suis, respectivamente. Este trabalho será realizado no laboratório do Professor Dr. Gabriel Waksman da Universidade de Londres em Birkbeck College. O Prof. Gabriel é um dos poucos pesquisadores no mundo que domina a técnica de purificação e determinação estrutural por cristalografia ou por crio-microscopia eletrônica de complexos proteicos envolvendo proteínas integrais de membrana de bactérias. Por este motivo, eu quero ir ao seu laboratório para aprender estas técnicas e aplicá-las no meu laboratório. Desta forma, a estadia no laboratório do Prof. Gabriel será de imensa importância para minha carreira científica, no que diz respeito ao meu amadurecimento científica e ao impacto de pesquisa que futuramente poderei realizar.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)