Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de diferentes tipos de fotopolimerizadores e fotoiniciadores na dureza e cor de resinas compostas

Processo: 14/24478-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Ticiane Cestari Fagundes
Beneficiário:Morganna Borges de Almeida Souza
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Resinas compostas   Dentística

Resumo

Recentemente, uma nova geração de LED foi lançada no mercado odontológico, chamada de terceira geração ou aparelhos de LED com múltiplos comprimentos de onda. Sendo assim, o objetivo deste estudo será avaliar a microdureza e a estabilidade de cor de resinas compostas para dentes clareados, fotopolimerizadas por dois tipos de LED, antes e após imersão em bebida com corante e envelhecimento artificial acelerado. Serão selecionadas duas resinas compostas que apresentam em sua composição o fotoiniciador lucerina-TPO: Tetric N-Ceram (Ivoclar Vivadent, cor A1) e Vit-l-escence (Ultradent, cor WO). Será utilizada como controle negativo uma resina em que se utiliza a canforoquinona como fotoiniciador: Filtek Z250 (3M ESPE, cor B0.5). Serão confeccionados 120 corpos-de-prova em forma de disco, com dimensões de 5mm de diâmetro e 1,5mm de espessura. Metade dos discos serão fotopolimerizados por um aparelho LED de um comprimento de onda (Radii, SDI) e o restante por um LED com vários comprimentos de onda (Valo, Ultradent). As avaliações iniciais de microdureza e cor serão realizadas. Os espécimes serão então expostos a dois desafios: imersão em vinho ou envelhecimento artificial acelerado. Em seguida, as avaliações de microdureza e cor serão novamente realizadas. As médias dos resultados de microdureza e alteração de cor (”E) serão avaliadas por análise de variância (ANOVA). O teste de Fisher será utilizado para múltiplas comparações. O nível de significância utilizado será de 5%.