Busca avançada
Ano de início
Entree

O efeito de diferentes dietas sobre o balanço energético de machos do camarão da Amazônia, Macrobrachium amazonicum (Crustacea, Decapoda)

Processo: 14/18911-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia
Pesquisador responsável:Alessandra da Silva Augusto
Beneficiário:Paulo Victor Leme Mantoan
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB-CLP). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Palaemonidae   Alimentação animal   Dieta animal   Metabolismo animal   Balanço de energia   Aquicultura

Resumo

O camarão de água doce Macrobrachium amazonicum é uma das espécies com maior potencial para aquicultura no Brasil. Desde 2001 pesquisadores de várias regiões do Brasil vêm desenvolvendo tecnologia para sua criação comercial. Atualmente, o conhecimento sobre sua alimentação e fisiologia constitui um dos maiores gargalos a ser solucionado. Nesse sentido, objetiva-se estudar aqui o efeito de três diferentes dietas contendo 32%, 35% e 38% de proteína bruta sobre o balanço energético de machos adultos de M. amazonicum. Dentro da aquicultura, o entendimento a respeito do balanço energético das espécies é importante, pois se pode compreender como a energia ingerida na forma de alimento é distribuída entre as várias funções do animal. Os animais serão mantidos durante 30 dias em aquários equipados com termostato, aeração e biofiltros. O balanço energético será avaliado pela quantificação da energia ingerida e canalizada para o metabolismo, excreção, fezes, crescimento e exúvia. Todos os dados serão convertidos em energia. O conteúdo energético e umidade também serão avaliados na dieta e fezes. Os resultados ajudarão a compreender a influência da dieta sobre os processos fisiológicos que envolvem a utilização de energia por M. amazonicum, esclarecendo e dando subsídios para o seu cultivo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.