Busca avançada
Ano de início
Entree

Potencial antioxidante de extratos de Hyptis lappulacea Mart. ex Benth. (Lamiaceae)

Processo: 14/21233-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Botânica Aplicada
Pesquisador responsável:Cláudia Maria Furlan
Beneficiário:Beatriz Ortega San Juan Loureiro
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fitoquímica   Antioxidantes   Flavonoides   Taninos   Hyptis   Lamiaceae   Técnicas in vitro

Resumo

A química de produtos naturais é uma área de interesse crescente principalmente devido à importância econômica desses compostos. Dentre as diversas classes de produtos naturais, aquelas que apresentam atividade antioxidante são de particular interesse devido ao seu potencial uso farmacológico, cosmético e na indústria alimentícia. Hyptis Jacq. é um gênero da família Lamiaceae com um grande número de espécies nativas ou naturalizadas no Brasil, e sua importância etnobotânica e econômica é conhecida ao redor do mundo, havendo vários estudos evidenciando o potencial farmacológico e antioxidante de uma série de espécies que o compõem. Baseado nessas informações, espera-se que Hyptis lappulacea Mart. ex Benth seja mais uma espécie do gênero Hyptis a contribuir com modelos químicos com atividade biológica. Assim, este projeto tem como objetivo avaliar o potencial antioxidante de diferentes frações do extrato das partes aéreas de Hyptis lappulacea Mart. ex Benth e quantificar o conteúdo de fenóis totais, flavonoides e taninos totais dessas mesmas frações. Para avaliação do potencial antioxidante serão empregados os testes in vitro de atividade antioxidante ORAC, redução de ferro III a ferro II (FRAP) e sequestro dos radicais DPPH e ABTS. Para quantificar o conteúdo total de fenóis, flavonoides e taninos serão utilizados testes a base de reações in vitro para cada classe de substância.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)