Busca avançada
Ano de início
Entree

Intensificação ecológica de plantações de eucaliptos pela associação com espécies leguminosas arbóreas fixadoras de nitrogênio

Processo: 14/26318-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Silvicultura
Pesquisador responsável:José Leonardo de Moraes Gonçalves
Beneficiário:Juliane Petersen Colognesi
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/16623-9 - Intensificação ecológica de plantações de eucaliptos pela associação com espécies leguminosas arbóreas fixadoras de nitrogênio, AP.TEM
Assunto(s):Manejo florestal   Eucalipto   Leguminosae   Ecologia

Resumo

O aumento global da demanda de madeira é observado em todo o mundo, sendo este cada vez mais atendido pelas plantações florestais, no caso do Brasil, principalmente, por plantações de eucalipto (PE). A capacidade de atender a demanda de madeira é limitada pela competição do uso da terra. Assim, aumentar ou manter produtividade em longo prazo é essencial. Um dos problemas potenciais é a intensificação da deficiência de N no decorrer de várias rotações de cultivo, sobretudo, em plantações de ciclo curto. A inclusão de espécies arbóreas fixadores de N2 em plantações de eucalipto pode contribuir para o enriquecimento do solo com N, bem como aumentar a disponibilidade de P no solo. Este projeto tem como principal objetivo pesquisar alternativas inovadoras ao PE puros, de modo a aumentar ou manter a produtividade de madeira em longo prazo e a diminuir o uso de fertilizantes e os impactos ambientais. Os estudos serão conduzidos em plantações mistas de Eucalyptus sp. e Acacia mangium em duas estações experimentais (SP e RJ) e em uma rede experimental estabelecida em quatro empresas florestais (SP e MG). O projeto envolverá cientistas que trabalham em ecofisiologia, biogeoquímica, ciência do solo, microbiologia, silvicultura e modelagem, na USP, Embrapa e Cirad (França). Serão estudados os ciclos da água, do carbono e de nutrientes (N e P), de modo a compreender melhor os processos ecológicos envolvidos na regulação dos mecanismos hidrológicos, microbiológicos, fisiológicos e nutricionais. As interações biológicas dentro e entre os componentes do sistema (árvores, micro-organismos, solo) serão estudadas e quantificadas em relação ao uso dos recursos naturais. Os resultados contribuirão para a produção de sofisticadas técnicas metodológicas, para o entendimento dos mecanismos de concorrência e facilitação da biodisponibilidade de N e P, e possibilitarão o desenvolvimento e calibração de modelos ecofisiológicos básicos em plantações mistas de eucalipto com Acacia mangium, aplicáveis em outros modelos de associação do eucalipto com leguminosas e adequados para serem usadas em amplas áreas de produção florestal no Brasil..

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.