Busca avançada
Ano de início
Entree

Modificadores epigenéticos: explorando a produção de novos produtos naturais de fungos endofíticos

Processo: 14/25181-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 08 de março de 2015
Vigência (Término): 30 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Lourdes Campaner dos Santos
Beneficiário:Felipe Hilário
Supervisor no Exterior: A. A. Leslie Gunatilaka
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Arizona, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/12564-6 - Estudo químico e avaliação da atividade antimicrobiana de fungos endofíticos associados à Paepalanthus chiquitensis (Eriocaulaceae) e efeitos de moduladores químicos epigenéticos no cultivo de Pochonia chlamydosporia, BP.MS
Assunto(s):Química de produtos naturais

Resumo

Este projeto está vinculado ao projeto de mestrado FAPESP número 2013/12564-6 entitulado: "Estudo químico dos extratos produzidos por fungos endofíticos associados às partes aéreas de Paepalanthus chiquitensis e sua atividade antimicrobiana". O trabalho proposto será realizado sob a supervisão do Prof. Leslie Gunatilaka (The University of Arizona, USA). Este pesquisador é diretor do Center for Natural Products (Arizona, USA), sendo reconhecido por seu trabalho com fungos endofíticos. Para o desenvolvimento das atividades está sendo requerido seis meses de bolsa BEPE. O objetivo do projeto é explorar o estudo de modificadores epigenéticos na produção de metabólitos secundários produzidos por fungos endofíticos. Os endofíticos podem produzem vasta gama de novos e promissores metabólitos, e diferentes metodologias podem ser usadas para explorar a sua produção. Entre as metodologias de descoberta está o uso de modificadores epigenéticos, sendo um excelente método para levar a expressão de vias biossintéticas silenciosas responsáveis pela produção dos metabólitos secundários. A primeira etapa do trabalho experimental será a otimização das consdições de crescimento, com e sem modificador epigenético, incluindo metais pesados, este passo será conduzido por meio de culturas em pequena escala. O perfil metabólico será monitorado por high-performance liquid chromatography photo-diode array e cromatografia em camada delgada. Após realizada a otimização, será realizado o crescimento em escala ampliada para viabilizar a massa necessária para o obter as substâncias. Técnicas cromatográficas serão usadas para o fracionamento e isolamento das substâncias. A elucidação estrutural dos metabólitos estudados serão determinados por técnicas espectroscópicas mono- e bidimensionais. Em conclusão, este trabalho proporcionará novos conhecimentos para explorar a formação de novos metabólitos utilizando a abordagem epigenética. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.