Busca avançada
Ano de início
Entree

A aplicação de técnicas de análise espacial na identificação de regiões urbanas homogêneas: o caso da região metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte

Processo: 14/25424-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Métodos e Técnicas do Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Gustavo Garcia Manzato
Beneficiário:Mauro Antonio de Oliveira Junior
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Análise espacial

Resumo

Em janeiro de 2012, o governador do estado de São Paulo sancionou a criação da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte (RMVPLN). A instalação de Regiões Urbanas Homogêneas (RUHs), como aqui são tratadas, de maneira geral, as regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e conurbações, de fato favorece a elaboração e execução de políticas de planejamento e gestão urbanas em consonância com os interesses dos municípios que as compõem. No entanto, dada a complexidade inerente desse conceito, a definição dessas RUHs não é geralmente uma tarefa simples, em que diferentes metodologias têm sido elaboradas e constantemente melhoradas. Estima-se que a definição da RMVPLN tenha sido baseada em critérios estabelecidos pela Constituição do estado de São Paulo de 1989. Estes critérios, no entanto, não apresentam definições quantitativas, sobretudo em relação à influência da infraestrutura de transportes nas inter-relações existentes entre os municípios que compõem essa região metropolitana. Assim, pretende-se realizar uma análise da definição da RMVPLN utilizando-se técnicas de análise espacial, a saber: a estatística espacial e a modelagem espacial, aplicada aos indicadores de densidade populacional e de oferta de infraestrutura rodoviária.