Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da produção, composição e drenagem dos meios oculares de Carassius auratus (Cyprinidae) variedades padrão e demekin

Processo: 14/17093-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Christina Joselevitch
Beneficiário:Aline Yoshie Goto
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/16469-0 - Visão e comunicação celular na retina: o papel das células bipolares de entrada mista, AP.JP
Assunto(s):Neurociências   Drenagem (terapêutica)   Olho   Visão   Carpa dourada   Cyprinidae   Humor aquoso   Corpo vítreo

Resumo

O peixe dourado é considerado um bom modelo experimental para pesquisas sobre a visão porque apresenta uma condição intermediária entre os peixes com sistema visual pouco desenvolvido e aqueles cuja visão constitui o sentido dominante. A produção, composição e escoamento dos meios oculares nesta espécie, fundamentais para a formação de imagem sobre a retina, são, entretanto pouco conhecidos. O presente projeto tem por finalidade estudar o sistema de drenagem do humor aquoso e a composição dos humores aquoso e vítreo em duas variedades de peixe dourado. A variedade padrão apresenta desenvolvimento ocular normal, enquanto a variedade demekin apresenta buftalmia, condição característica de alguns tipos de glaucoma em amíferos. Para tanto, técnicas histológicas, de bioquímica e biologia molecular serão empregadas. Inicialmente, a região de produção e drenagem do humor aquoso será avaliada através de microscopia óptica de luz e microscopia eletrônica. A pressão intraocular será avaliada através de tonometria. A drenagem dos fluidos intraoculares será estudada através da injeção intraocular de agentes corantes e posterior processamento histológico em intervalos fixos pós-injeção (15 min, 30 min, 45 min, 1 h, 4 h, 12 h, 24 h, 36 h) e sua composição através de estudos envolvendo eletroforese e imunoblotting, para determinação dos seus componentes individuais e comparação com os encontrados no ser humano. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GOTO, Aline Yoshie. Estudo da produção, composição e drenagem dos meios oculares de Carassius auratus (Cyprinidae) variedades padrão e demekin. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Psicologia São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.