Busca avançada
Ano de início
Entree

Criação de imunossensores em microcanais criados por cera em papel

Processo: 14/25120-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:Regiane de Fátima Travensolo
Beneficiário:Regiane de Fátima Travensolo
Empresa:Partecurae Pesquisa e Desenvolvimento Ltda
Vinculado ao auxílio:14/50545-6 - Criação de imunossensores em microcanais criados por cera em papel, AP.PIPE
Assunto(s):Compostos orgânicos   Cinomose   Erliquiose canina   Nanopartículas metálicas   Patologia   Cães   Microfluídica

Resumo

Detectar patógenos em animais é de extrema importância para que o controle aconteça de forma rápida e adequada, evitando o agravamento da doença, a disseminação e o aumento da mortalidade. O método proposto oferecerá uma detecção de biomoléculas associadas a doenças de interesse veterinário, como a detecção dos agentes patogênicos: vírus da Cinomose canina e a bactéria causadora da Erliquiose canina. O presente projeto tem por objetivo desenvolver uma plataforma diagnóstica inovadora, que possibilite a detecção de biomoléculas relacionadas às patologias caninas, através da criação de microcanais pela impressão com cera em papel de cromatografia de Whatman I ou papel de filtro. Para que a cera seja distribuída uniformemente através do papel, será realizado um tratamento térmico, onde o aumento de temperatura derreterá a cera, que atravessará o papel. Depois de seca, uma barreira hidrofóbica de cera delimitará o microcanal onde ocorrerá a reação. Nos microcanais haverá antígenos totais em uma zona de controle, em uma zona de teste conterão anticorpos. Através de conjugação dos anticorpos com as nanoparticulas de ouro coloidal será feita a detecção imunocromatográfica desses analitos. Desse modo, o método buscará a adaptação de ferramentas analíticas para a detecção dos patógenos, trazendo baixo custo na fabricação, portabilidade e facilidade na realização do teste. Através do desenvolvimento de kit de diagnóstico simples, eficiente, rápido será possível detectar o agente causador da patologia e imediatamente controlar a doença. (AU)