Busca avançada
Ano de início
Entree

Indicadores químicos da qualidade do solo de parte da Gleba II do assentamento rural Horto Aimorés, municípios de Bauru e Pederneiras/SP

Processo: 14/21999-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Pesquisador responsável:Maria Cristina Perusi
Beneficiário:Maria Lucila Abacherly
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ourinhos. Ourinhos , SP, Brasil
Assunto(s):Pedologia   Assentamento rural   Qualidade do solo   Análise química   Inquéritos e questionários   Bauru (SP)

Resumo

Historicamente, a característica da estrutura fundiária no território brasileiro é a concentração de terras, cujo uso é voltado predominantemente para a produção agroexportadora, enquanto os camponeses, via de regra, dedicam-se à produção dos principais gêneros alimentícios. Além disso, os camponeses tendem a ter maior dificuldade de acesso a crédito agrícola e assistência técnica, o que pode resultar no comprometimento da qualidade dos solos, principalmente nos assentamentos rurais. Sendo o solo um recurso natural indispensável para a sobrevivência da sociedade, precisa estar em condições adequadas para exercer sua principal função: produzir alimentos. Inserido nesse contexto, este projeto objetiva avaliar as condições socioambientais e as alterações da qualidade química solos, causadas, sobretudo, pelo uso inadequado na Gleba II do Assentamento Rural Horto Aimorés, municípios de Bauru e Pederneiras/SP. O referido assentamento foi regulamentado em 2007 e comporta aproximadamente 373 lotes e área total de 5.432,15 hectares. Resultado do processo de intemperização do arenito das Formações Marília e Adamantina, Grupo Bauru, os solos da região são arenosos e ácidos, o que compromete a produção e a permanência das famílias no campo. Para tanto, trabalhar-se-á em 50 lotes da gleba II, onde a amostragem será feita de acordo com procedimentos estatísticos. As análises químicas compreenderão os seguintes atributos: pH, matéria orgânica, Na, P, Al+H, K, Ca, Mg, V% e CTC, e serão feitas no Laboratório de Solo do Departamento de Solos e Adubos da UNESP/Campus de Jaboticabal. As informações socioambientais serão averiguadas por meio de questionário composto por perguntas abertas e fechadas, a serão sistematizadas na forma de tabelas e gráficos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)