Busca avançada
Ano de início
Entree

Prospecção de atividade anti-inflamatória em espécies frutíferas nativas do Brasil

Processo: 13/26251-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Pedro Luiz Rosalen
Beneficiário:Josy Goldoni Lazarini
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Farmacologia   Bioprospecção   Fitoquímica   Anti-inflamatórios   Citocinas   Frutas

Resumo

Na busca de fontes alternativas de novas drogas, as espécies frutíferas brasileiras são um novo alvo a ser explorado. Os flavonóides, presentes nas mesmas, destacam-se pela ação anti-inflamatória. O Brasil, considerado um grande produtor mundial de frutas, levou a aceitação de frutos como o açaí e inspiram pesquisas de outras espécies quanto ao seu potencial alimentício e terapêutico, que agregaram valor, sendo hoje um modelo de sucesso do agronegócio brasileiro. Assim, o objetivo deste projeto é avaliar a atividade anti-inflamatória, o mecanismo de ação e o perfil fitoquímico de espécies frutíferas nativas do Brasil. Selecionou-se 5 frutas nativas Eugenia leitonii (araçá-piranga), Eugenia brasiliensis (grumixama), Eugenia involucrata (cereja do Rio Grande), Eugenia myrcianthes (ubajaí) e Garcinea brasilienses (bacupari-mirim) para a prospecção de atividade anti-inflamatória. As plantas serão colhidas em épocas determinadas, e as partes (frutas, folhas, sementes ou cascas) serão processadas para obtenção do extrato hidroetanólico (80:20, v/v), liofilizado e armazenado à -20ºC. A triagem da melhor atividade anti-inflamatória será realizada dentre todos os extratos por meio do modelo de migração leucocitária induzida por carragenina. Desta forma, será determinada uma curva dose-resposta, seguida, da avaliação das possíveis vias de mecanismo de ação por meio dos modelos de edema de pata induzido por carragenina, quantificação in vivo de mediadores inflamatórios (TNF-±, IL-1², IL-10, CXCL1/KC e LTB4) e quantificação in vitro de (TNF-±, IL-1², IL-10 e LTB4) com células RAW 264.7, avaliação da expressão de ICAM-1, VCAM-1, P e E-selectina por Western blot e citotoxicidade celular RAW 264.7. A avaliação química do extrato ativo será realizada por análise de compostos fenólicos totais, cromatografia líquida de alta eficiência em fase reversa (HPLC-RF-DAD) e por espectrometria de massas (HPLC/MS). Espera-se que este projeto contribua com informações sobre a atividade anti-inflamatória, mecanismo de ação e perfil fitoquímico de espécies nativas, além de agregar valor a produtos nacionais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LAZARINI, JOSY GOLDONI; ORLANDI SARDI, JANAINA DE CASSIA; FRANCHIN, MARCELO; NANI, BRUNO DIAS; FREIRES, IRLAN ALMEIDA; INFANTE, JULIANA; RIZZATO PASCHOAL, JONAS AUGUSTO; DE ALENCAR, SEVERINO MATIAS; ROSALEN, PEDRO LUIZ. Bioprospection of Eugenia brasiliensis, a Brazilian native fruit, as a source of anti-inflammatory and antibiofilm compounds. BIOMEDICINE & PHARMACOTHERAPY, v. 102, p. 132-139, JUN 2018. Citações Web of Science: 10.
ORLANDI SARDI, JANAINA DE CASSIA; FREIRES, IRLAN ALMEIDA; LAZARINI, JOSY GOLDONI; INFANTE, JULIANA; DE ALENCAR, SEVERINO MATIAS; ROSALEN, PEDRO LUIZ. Unexplored endemic fruit species from Brazil: Antibiofilm properties, insights into mode of action, and systemic toxicity of four Eugenia spp.. Microbial Pathogenesis, v. 105, p. 280-287, APR 2017. Citações Web of Science: 10.
LAZARINI, JOSY GOLDONI; FRANCHIN, MARCELO; INFANTE, JULIANA; RIZZATO PASCHOAL, JONAS AUGUSTO; FREIRES, IRLAN ALMEIDA; DE ALENCAR, SEVERINO MATIAS; ROSALEN, PEDRO LUIZ. Anti-inflammatory activity and polyphenolic profile of the hydroalcoholic seed extract of Eugenia leitonii, an unexplored Brazilian native fruit. Journal of Functional Foods, v. 26, p. 249-257, OCT 2016. Citações Web of Science: 6.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LAZARINI, Josy Goldoni. . 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.