Busca avançada
Ano de início
Entree

Sujeito e identidade em educação para o Século XXI: uma análise discursiva dos impactos do Pisa (programa internacional de avaliação de estudantes) no Brasil

Processo: 14/23770-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Aplicada
Pesquisador responsável:Márcia Aparecida Amador Mascia
Beneficiário:Márcia Aparecida Amador Mascia
Anfitrião: Thomas S. Popkewitz
Instituição-sede: Universidade São Francisco (USF). Campus Itatiba. Itatiba , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Wisconsin-Madison (UW-Madison), Estados Unidos  
Assunto(s):Sujeito   Governamentalidade   Identidade (psicologia)

Resumo

Sujeito e Identidade em Educação para o século XXI: uma análise discursiva dos impactos do PISA (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes) no BrasilMárcia Aparecida Amador MasciaUniversidade São FranciscoResumo:A partir do escopo teórico discursivo, na interface dos estudos arquegenealógicos de Foucault e outros autores pós-críticos, este projeto de pesquisa tem como proposta levantar e analisar as emergências de subjetividades e identidades educacionais contemporâneas dos discursos que atravessam os documentos do Programme for International Student Assessment (Pisa) - Programa Internacional de Avaliação de Estudantes -, desenvolvido e coordenado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e documentos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no Brasil. Tomaremos como corpus documentos e vídeos dispostos no site do PISA internacional, bem como documentos e vídeos postados no site brasileiro INEP, responsável pelo PISA, no Brasil. Propomo-nos a responder às seguintes perguntas de pesquisa: em que medida os discursos das avaliações externas (PISA) instauram "novos" regimes de verdade no tange ao estatuto do sujeito em Educação no Brasil? Como tais discursos atuam como novas formas de governamentalidade na Educação? Pretendemos trazer à tona os conflitos geralmente apagados e camuflados que compõem a racionalidade que sustenta o PISA, problematizando-os à luz dos estudos pós-críticos, no intuito de melhor entender as relações contemporâneas instauradas pelas avaliações externas em larga escala. Esperamos que nossos resultados possam alcançar os líderes responsáveis pelas avaliações em larga escala do Brasil, de modo a melhor contribuir para a educação do século XXI, em nosso país. Palavras-Chave: Discurso, Sujeito, Identidade, PISA, Avaliação em larga escala. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.