Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil dos antígenos plaquetários humanos (HPA) em pacientes com carcinoma hepatocelular infectados pelo Vírus da Hepatite C (VHC)

Processo: 14/20645-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2015
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Pesquisador responsável:Rejane Maria Tommasini Grotto
Beneficiário:Francielle Martins Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Vírus da hepatite C   Carcinoma hepatocelular   Biologia molecular

Resumo

A Hepatite C é uma doença crônica de etiologia viral cujo agente é o Vírus da Hepatite C (VHC). A doença constitui, ainda hoje, um problema de saúde pública, sobretudo pelo seu potencial de evolução para cirrose e carcinoma hepático. Com relação à progressão da doença, aproximadamente 20% dos indivíduos que apresentam a forma crônica da doença desenvolvem cirrose e, 1 a 4% carcinoma hepatocelular. Embora as células alvo do VHC sejam os hepatócitos, estudos mostraram a presença do RNA viral em outros tipos celulares como os linfócitos T e B, monócitos, macrófagos. Além disso, já foi demonstrado que o VHC pode ser transportado na corrente sanguínea de um indivíduo infectado pelas plaquetas. As plaquetas humanas expressam vários tipos de antígenos em sua superfície, dentre os quais os antígenos plaquetários humanos ou HPA. Existem cinco sistemas de antígenos mais estudados denominados HPA -1, -2, -3, -4 e -5, sendo que o polimorfismo de alguns sistemas HPA já foram associados a outras doenças, as quais não estão relacionadas diretamente com plaquetas. Estudos demonstram que fatores genéticos podem desempenhar um importante papel na resposta ao tratamento e na progressão da doença ocasionada pelo VHC, no entanto, nenhum estudo até o momento relatou se há associação entre ocorrência de carcinoma hepatocelular e polimorfismos do sistema HPA. Desta maneira, a finalidade deste estudo será avaliar se existe associação do polimorfismo do HPA -1 e a presença de carcinoma hepatocelular em pacientes portadores de VHC.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TOMMASINI GROTTO, REJANE MARIA; SANTOS, FRANCIELLE MARTINS; PICELLI, NATALIA; SILVA, GIOVANNI FARIA; FERRASI, ADRIANA CAMARGO; RODRIGUES SARNIGHAUSEN, VALERIA CRISTINA; DE MOURA CAMPOS PARDINI, MARIA INES. HPA-1a/1b could be considered a molecular predictor of poor prognosis in chronic hepatitis C. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 52, 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.