Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de biomarcadores moleculares em rins de doadores de critérios estendidos

Processo: 14/22269-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Mario Abbud Filho
Beneficiário:Greiciane Maria da Silva Florim
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Transplante de rim   Nefrologia   Citocinas   Biomarcadores

Resumo

Introdução. O transplante renal é o tratamento indicado para pacientes com insuficiência renal crônica (IRC), porém, a oferta de órgãos é insuficiente. Rins provenientes de doadores falecidos com critérios estendidos (DCE) têm sido cada vez mais usados, entretanto, os desfechos associados ao uso de órgãos DCE ainda são controversos. A complicação mais comumente observada no pós-transplante de doadores falecidos é a função tardia do enxerto (DGF) e os mecanismos envolvidos em sua patogênese podem estar relacionados com a liberação de citocinas inflamatórias. Além disso, a DGF também está associada com maior risco de rejeição aguda, menor filtração glomerular e pior sobrevida do enxerto em longo prazo. Consequentemente, a avaliação da qualidade do órgão através da expressão gênica dos perfis de biópsias pré-implantação poderá fornecer informações sobre as condições do órgão a ser implantado e com isso possibilitar o desenvolvimento de métodos visando otimizar o uso desses rins "limítrofes" disponíveis. Assim, a avaliação do perfil molecular dos rins de DCE também poderia auxiliar no entendimento e a previsão da DGF e seus efeitos sobre os receptores desses rins. Avaliação do perfil inflamatório desses órgãos também permitiria a utilização de estratégias visando intervenções terapêuticas. Objetivos. 1) Caracterizar o transcriptoma de citocinas em rins obtidos de doadores falecidos padrão (DCS) e com critérios estendidos (DCE) em biópsias pré-implantação do órgão (T0);2) Correlacionar o perfil de citocinas com a disfunção tardia do enxerto, tempo de isquemia fria, episódios de rejeição aguda e desfechos de sobrevidas do enxerto; 3) Avaliar se os marcadores moleculares utilizados como ferramenta para predição dos eventuais desfechos podem ser instrumentos passíveis de uso na prática clínica. Métodos. Serão recrutados 80 receptores de transplante renal, divididos inicialmente em 2 grupos, conforme o tipo de órgão transplantado: rim de DCS ou DCE. As biópsias pré- implantação (T0) serão coletadas antes da revascularização do enxerto. Os procedimentos de biologia molecular compreenderão as etapas de extração de RNA, transcrição reversa por reação em cadeia da polimerase (RT-PCR) e análise de expressão gênica por reação em cadeia da polimerase quantitativa em tempo real (qPCR) utilizando o sistema TaqMan Gene Expression Array Plates para os genes: IL-2, IL-4, MCP-1, RANTES, IL-15, IL-18, TGF-², IL-10, IL-12, Fas-ligante, Granzima B, Perforina, IFNg, FOXP-3, Tim-3, Kim-1, CDKN1A, CDKN2A e MDR1 e 2 genes endógenos (GAPDH e ²-Actina) para normalizar a expressão dos mRNA. A análise estatística descritiva incluirá frequências absolutas e relativas para variáveis categóricas e médias, medianas, desvio padrão e variação para variáveis contínuas. Comparação de grupos de variáveis categóricas será realizada pelo teste qui-quadrado ou exato de Fisher, quando apropriado. Correlação de Spearman será utilizada para avaliar a correlação entre os níveis de expressão de mRNA e os estágios clínicos. Valores de P < 0,05 serão considerados significantes. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FLORIM, GREICIANE M. S.; CALDAS, HELOISA C.; GONCALVES, NAIANE N.; BUENO, GIOVANNA O. B. E.; BAPTISTA, MARIA A. S. F.; FERNANDES-CHARPIOT, IDA M. M.; ABBUD-FILHO, MARIO. Activation of HMGB1-TLR4 Pathway and Inflammasome Contribute to Enhanced Inflammatory Response in Extended Criteria and Kidneys With KDPI >= 85%. TRANSPLANTATION, v. 104, n. 4, p. 724-730, APR 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.