Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos evolutivos em Cycloramphus (Anura, Cycloramphidae): especiação na Mata Atlântica brasileira

Processo: 14/24972-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 23 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Célio Fernando Baptista Haddad
Beneficiário:Fábio Perin de Sá
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/50741-7 - Diversidade e conservação dos anfíbios brasileiros, AP.BTA.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):18/17993-6 - Parentesco entre adultos vizinhos e suas proles saxícolas em Cycloramphus boraceiensis (Anura, Cycloramphidae), BE.EP.DR   16/06876-3 - Diversificação genômica e fenotípica no gênero Cycloramphus em múltiplas escalas taxonômicas (Anura, Cycloramphidae), BE.EP.DR
Assunto(s):Filogenia   Filogeografia   Hibridização genética   Sequenciamento de nova geração

Resumo

A espécie ainda constitui uma das unidades basais da biologia contemporânea, sendo que o acúmulo de modificações microevolutivas ao longo do tempo é o processo que leva ao surgimento de novas entidades. A interrupção do fluxo gênico é considerada facilitador primordial para a conclusão dos processos de formação de novas espécies. As forças de seleção sexual atuam sobre características morfológicas e comportamentais dos indivíduos levando ao isolamento reprodutivo. Uma vez que possui vasta diversidade, a Mata Atlântica é uma floresta neotropical excelente para estudos de processos evolutivos e de especiação. O gênero Cycloramphus (Cycloramphidae) reúne espécies de anfíbios anuros endêmicos da Mata Atlântica brasileira. Estas espécies apresentam hábitos especializados de vida e reprodução, com exigências ambientais particulares, sendo um grupo interessante para estudos relacionados à evolução. Este projeto abordará três escalas e aspectos distintos da microevolução, explorando as variações entre espécies, entre populações e entre indivíduos. Propõe-se estudar: (I) a filogenia molecular de Cycloramphus, buscando a compreensão da história evolutiva do gênero em associação à biologia e à ecologia das espécies; (II) a genética populacional em duas espécies que vivem parcialmente em simpatria (C. boraceiensis e C. dubius), investigando fluxos gênicos e a hipótese de reforço; e (III) o sistema reprodutivo e as relações parentais de C. boraceiensis, verificando as eventuais correlações entre sucesso reprodutivo e características dos adultos, assim como a hipótese de viés-parental recentemente revelada em um gênero irmão de Cycloramphus. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SÁ, Fábio Perin de. Evolução em Cycloramphidae : diversidade e especiação na Mata Atlântica brasileira. 2019. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.