Busca avançada
Ano de início
Entree

Grãos de milho de destilaria secos com solúveis em dietas para juvenis de pacu Piaractus mesopotamicus (Holmberg 1987)

Processo: 14/16685-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Elisabete Maria Macedo Viegas
Beneficiário:Katia Rodrigues Batista de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/21245-7 - Atividade das enzimas digestivas intestinais de juvenis de Piaractus mesopotamicus alimentados com diferentes níveis de DDGS, BE.EP.MS
Assunto(s):Nutrição animal   Nutrição   Grãos   Milho   Dieta animal   Pacu   Piaractus mesopotamicus   Grãos de destilaria secos com solúveis (DDGS)

Resumo

DDGS (Grãos de Destilaria Secos com Solúveis) é um possível substituto ao farelo de soja em rações para animais, de forma a reduzir custos de produção. Este projeto objetiva avaliar o uso de DDGS do milho como substituto ao farelo de soja em dietas para juvenis de pacu (Piaractus mesopotamicus). Serão realizados três ensaios experimentais, sendo o ensaio de digestibilidade do DDGS o primeiro, com 54 juvenis de pacu (30 gramas) aleatoriamente distribuídos em três aquários circulares (18 peixes/aquário), alimentados por 7 dias com dieta contendo 30% DDGS, 69,5% dieta referência e 0,5% cromo. As fezes serão coletadas e analisadas para determinação do Coeficiente de Digestibilidade Aparente (CDA) para proteína, energia, matéria seca, extrato etéreo e fósforo. Com os dados obtidos, serão então formuladas as dietas contendo diferentes níveis de DDGS substituindo o farelo de soja (0, 20, 40, 60, 80 e 100%). No segundo ensaio serão determinados os CDA das dietas teste além de uma ração comercial. Juvenis de pacu (30 gramas) serão estocados em 7 aquários circulares (18 peixes/aquário) em quadrado latino 7x7 (6 dietas acima + ração comercial e 7 repetições). O terceiro ensaio será de desempenho e se dará com 560 juvenis de pacu (5 gramas), distribuídos aleatoriamente em 28 aquários retangulares, sete tratamentos (0, 20, 40, 60, 80, 100% DDGS + ração comercial) e quatro repetições, alimentados com as dietas teste por período de 12 semanas. Serão avaliados parâmetros de desempenho zootécnico, composição química da carcaça, composição da microbiota e morfologia intestinal e viabilidade econômica. Os dados serão submetidos à one-way (ANOVA) para determinar diferença significativa (P d 0.05) entre os tratamentos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.