Busca avançada
Ano de início
Entree

Papais em plena forma: efeito da condição corpórea sobre a atratividade dos machos em um opilião com cuidado paternal (Arachnida: Opiliones)

Processo: 14/21069-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Glauco Machado
Beneficiário:Louise Alissa de Morais
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Seleção sexual   Arachnida   Opiliona

Resumo

Em espécies com cuidado paternal exclusivo, machos que cuidam da prole trazem benefícios diretos às fêmeas, permitindo-as forragear e investir em uma prole futura, enquanto a sobrevivência da prole atual está assegurada pelo guarda paterna. Ao escolher machos cuidadores, as fêmeas podem ganhar também benefícios indiretos, gerando filhotes machos que são bons cuidadores. Apesar de a preferência da fêmea por machos cuidadores já ter sido demonstrada para algumas espécies de peixes e artrópodes, uma questão permanece sem resposta: qual é o critério usado pelas fêmeas no início da estação reprodutiva, quando os machos ainda não possuem desovas? Nossa hipótese é que o critério de escolha das fêmeas está centrado na condição corpórea dos machos, pois dado que o cuidado é altamente custoso, apenas machos em boa condição corpórea conseguiriam arcar com estes custos. Adicionalmente, o decaimento da condição corpórea durante o cuidado deve ser o que impede os machos de continuarem recebendo desovas durante toda a estação reprodutiva. Neste projeto, usaremos o opilião Iporangaia pustulosa (Gonyleptidae) para testar as seguintes previsões: (1) quanto melhor a condição corpórea de um macho no início da estação reprodutiva, mais rapidamente este obterá uma primeira cópula e, portanto, uma primeira desova; (2) machos cuidadores que receberem um aporte regular de alimento conseguirão estender o período de atratividade e acumular mais ovos do que machos cuidadores privados de alimento. As duas previsões serão testadas experimentalmente em campo ao longo da estação reprodutiva da espécie. Os resultados obtidos poderão lançar luz sobre os critérios de seleção de parceiros em espécies com cuidado paternal exclusivo, mais particularmente sobre o papel da condição corpórea dos machos sobre sua atratividade para as fêmeas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)