Busca avançada
Ano de início
Entree

Discursos e saberes sobre os negros em livros didáticos de História do Brasil do século XIX

Processo: 14/15967-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Heloísa Helena Pimenta Rocha
Beneficiário:Cristina Carla Sacramento
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):História da educação   Negros   Livro didático

Resumo

Este projeto pretende analisar os discursos sobre os negros veiculados em quatro livros didáticos de História do Brasil destinados ao ensino primário, publicados no período que antecede a abolição dos escravos: Resumo da História do Brasil (Henrique Luiz de Niemeyer Bellegarde, 1834, 2ª ed.); Episódios da História Pátria contados à infância (Joaquim Caetano Fernandes Pinheiro, 1864, 3ª ed.); Lições de História do Brasil: para uso das escolas de instrução primaria (Joaquim Manoel de Macedo, 1875, 3ª ed.) e Pequena História do Brasil por perguntas e respostas: para uso da infância brasileira (Joaquim Maria de Lacerda, 1887, 6ª ed.). Com vistas a compreender os modos como os negros são representados nesse conjunto de obras, pretende-se atentar não apenas para os enunciados, mas também para aspectos relacionados à produção e à materialidade dos livros didáticos, procurando-se apreender os dispositivos textuais e tipográficos por meio dos quais se procurou constituir a leitura e configurar uma certa forma de pensar os negros. A seleção das obras leva em conta o número de edições, o público a que se destinavam e o ano de sua publicação, privilegiando-se aqueles que foram produzidos no período em que os negros ainda constituíam mão de obra escrava no Brasil. Almeja-se também, com este projeto, estabelecer relações entre os modos como os negros são tratados nos livros didáticos e os debates relacionados à abolição da escravatura presentes na Câmara dos Deputados, haja vista que, no período recortado pela pesquisa, o cenário político era marcado por debates relacionados à possibilidade de libertação dos negros. Para tanto, também serão consultados e analisados os seguintes documentos: Índice dos Anais do Parlamento Brasileiro: Sessões de 1831 a 1892; Anais da Câmara dos Deputados; Lei de 7 de novembro de 1831 (Lei Feijó); Lei nº 581, de 4 de setembro de 1850 (Lei Eusébio de Queiroz); Lei nº 2.040, de 28 de setembro de 1871 (Lei do Ventre Livre); Lei nº 3.270, de 28 de Setembro de 1885 (Lei dos Sexagenários); Lei nº 3.353, de 13 de Maio de 1888 (Lei Áurea). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SACRAMENTO, Cristina Carla. "Homens de cor" representados por "homens de letras" : uma análise de livros didáticos de História do Brasil do século XIX. 2018. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.