Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise crítica para subsidiar cursos de formação na área de álcool e outras drogas para profissionais da rede pública da saúde, justiça e assistência social

Processo: 14/22978-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Ana Regina Noto
Beneficiário:Alessandra Nagamine Bonadio Matta
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos relacionados ao uso de substâncias   Educação continuada   Alcoolismo   Drogas ilícitas   Capacitação profissional

Resumo

O abuso e a dependência de álcool e outras substâncias, somados aos enormes custos sociais direta ou indiretamente envolvidos, tornam imprescindível a adequada identificação e tratamento desta demanda nos diversos serviços da rede pública. Contudo, observa-se, tanto no Brasil quanto no cenário internacional, o despreparo das equipes para realizar diagnóstico precoce dos quadros de abuso e dependência e prover as primeiras intervenções ou o encaminhamento para serviços especializados, além do estigma frequentemente perpetuado em relação a esta população. Tais fatos devem-se em grande parte à inadequada formação dos profissionais, tornando fundamental que sejam capacitados ao longo do exercício profissional. Some-se a isto a incipiência de uma cultura de avaliação dos programas de capacitação oferecidos, que favorece a repetição de desajustes entre as demandas dos profissionais e os cursos ofertados, repercutindo frequentemente em gasto de tempo, verba pública e recursos humanos. O objetivo deste estudo é levantar subsídios para planejamento de cursos de formação na área de álcool e outras drogas para profissionais da rede pública da cidade de São Paulo, atuantes na área da saúde, da assistência social, da segurança e da justiça. Trata-se de um estudo descritivo, que mesclará as abordagens quantitativa (questionários de auto-preenchimento) e qualitativa (grupos focais) para a investigação do tema. A pesquisa focalizará os cursos oferecidos pelo Centro Regional de Referência vinculado à Unidade de Dependência de Drogas, Disciplina Medicina e Sociologia do Abuso de Drogas, do Departamento de Psicobiologia da UNIFESP (CRR-UDED-DIMESAD). A etapa quantitativa visa mapear o perfil e nível de conhecimento dos 300 profissionais inscritos no curso, que responderão a questionários no primeiro e no último dia do curso. Já a etapa qualitativa tem por objetivo levantar as demandas, expectativas, necessidades e crenças dos profissionais em relação à temática do álcool e das drogas e contará com a participação de 56 profissionais, por meio de grupos focais no primeiro e último dia do curso. Os dados gerados na etapa quantitativa serão submetidos à análise estatística descritiva, comparando-se as informações emergentes anteriormente à participação no curso e as informações encontradas posteriormente. As informações emergentes nos grupos focais serão submetidas a Análise de Conteúdo, originando categorias específicas de análise. Esta pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (CEP-UNIFESP) - parecer nº 841.957. (AU)