Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da largura de matas ripárias restauradas sobre a biodiversidade de formigas

Processo: 14/21931-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Milton Cezar Ribeiro
Beneficiário:Marco Aurélio Ferreira Martins de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/50718-5 - Restauração ecológica de florestas ciliares, de florestas nativas de produção econômica e de fragmentos florestais degradados (em APP e RL), com base na ecologia de restauração de ecossistemas de referência, visando testar cientificamente os preceitos do Novo Código Florestal Brasileiro, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Código florestal   Conservação

Resumo

A perda de habitats e a fragmentação florestal são as principais ameaças à biodiversidade, causando redução e isolamento da biodiversidade. Entre as estratégias para a conservação para mitigar essas ameaças podemos destaca as matas ciliares ou ripárias, que são elementos fundamentais neste processo de restauração, visto que, além de proteger recursos hidrológicos, aumenta a conectividade entre manchas de habitats. No entanto, o Novo Código Florestal (2012) permite, em determinados casos, a redução da largura de matas ciliares de 30 para apenas 15 metros, o que pode representar uma ameaça à biodiversidade. Este estudo tem como objetivo avaliar o efeito da largura das matas ciliares restauradas sobre a biodiversidade de formigas, grupo taxonômico de grande importância ecológica e de fácil amostragem. Pretendemos responder: (i) largura da mata ciliar restaurada influencia na diversidade de formigas? (ii) existe um limiar de largura em que a biodiversidade de formigas decresce de forma significativa? Nossa hipótese será testada utilizando modelos aditivos generalizados (GAM) e análises de variância (ANOVA). Esperamos que a diminuição da largura das matas ciliares influencie negativamente na biodiversidade de formigas; também esperamos que exista um limiar (<30m de largura) onde a comunidade de formiga decresça abruptamente. Assim, o estudo pode ajudar na compreensão e elaboração de métodos de monitoramento e avaliação de restauração de matas ciliares.