Busca avançada
Ano de início
Entree

A circulação internacional de Celso Furtado: novas propostas de reflexão sobre o subdesenvolvimento, décadas de 1970 a 1990

Processo: 14/26062-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Teoria Econômica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Mauricio Chalfin Coutinho
Beneficiário:Renata Bianconi
Instituição-sede: Instituto de Economia (IE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Criatividade   Tecnologia   História do pensamento econômico

Resumo

O objetivo desta pesquisa é destacar a importância internacional da obra de Celso Furtado, a modernidade de seu pensamento e a atualidade das questões por ele tratadas, com especial atenção a suas reflexões das décadas de 1970 a 1990. Consideramos que a década de 1970 constitui um momento de inflexão na trajetória intelectual de Celso Furtado: a evolução do capitalismo na segunda metade do século XX, com a emergência das empresas transnacionais e a decorrente perda de autonomia de decisões em âmbito nacional, bem como a percepção dos limites à universalização do desenvolvimento realizado nos moldes ocidentais, levam o autor a buscar novas vias de reflexão sobre os problemas do subdesenvolvimento e as possibilidades de sua superação. A fim de explorar esse período de intensa produção intelectual de Celso Furtado, será estudada com especial interesse sua participação nas discussões levadas a cabo no âmbito das Nações Unidas (ONU e Unesco), a partir de fins da década de 1970. Essas discussões oferecem uma oportunidade privilegiada e pouco explorada de compreensão das interações de seu pensamento com o debate mais amplo em curso; no mesmo sentido, serão investigadas suas intervenções em colóquios e seminários internacionais. Nesse período de intensa circulação internacional, Celso Furtado contribui ao debate científico apresentando questões inovadoras, como a criatividade cultural no processo de desenvolvimento, e aprofunda sua análise crítica da dependência tecnológica e cultural. As contribuições teóricas de Celso Furtado nas décadas de 1970 a 1990, momento de intensas transformações na economia mundial, oferecem importantes elementos para a reflexão sobre as possibilidades atuais do desenvolvimento periférico. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.