Busca avançada
Ano de início
Entree

Das fórmulas e/ou pequenas frases às aforizações em política: questões teórico-analíticas sobre o volta, Lula!

Processo: 14/23826-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Roberto Leiser Baronas
Beneficiário:Tamires Cristina Bonani Conti
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/21292-5 - Pequenas frases em política: questões teórico-metodológicas, BE.EP.MS
Assunto(s):Análise do discurso   Ciência política   Linguagem

Resumo

A emergência da fórmula e/ou pequena frase e/ou aforização Volta, Lula! se deu de maneira institucional em 28 de abril de 2014 por meio do pronunciamento do líder do Partido da República (PR-MG) na câmara dos deputados, Bernardo Santana de Vasconcellos (MG). Nesse dia, o deputado do PR anunciou o apoio de 20 dos 32 deputados de sua sigla à substituição de Dilma por Lula na corrida presidencial. Numa rápida procura no site de buscas Google é possível constar que o enunciado Volta, Lula! ocorre 6920000 vezes. Essa pequena frase, desde a sua irrupção, passou a estar presente nos mais variados tipos de texto e na boca dos mais diferentes enunciadores, que se inscrevem em distintos posicionamentos discursivos. Uma vista d'olhos na literatura pertinente sobre as pequenas frases na política nos mostra que essa temática, embora bastante relevante tanto para os estudos da ciência política e da comunicação quanto para as Ciências da linguagem, ainda foi pouco tratada, sobretudo no espaço acadêmico brasileiro. Nossa preocupação inicial nesta pesquisa é compreender o que faz do Volta, Lula! uma espécie de pandemia discursiva (verbal e icônica) com quase sete milhões de ocorrências. Mais especificamente, neste projeto, com base nos trabalhos de Krieg-Planque (2003, 2008, 2010 e 2012) acerca das fórmulas discursivas e de Maingueneau (2007, 2010a; 2010b, 2011 e 2012), sobre a teoria das frases sem texto, buscaremos compreender as propriedades linguístico-discursivas do enunciado de pequena extensão Volta, Lula!, bem como de algumas de suas variantes icônicas como Volta, Lula e traga de volta os R$ 10,6 bilhões que você emprestou para o Eike Batista!. Ademais, buscaremos descrever, por um lado, os cotextos e os contextos pelos quais esse enunciado e algumas de suas variantes icônicas circulam no espaço midiático digital brasileiro, mais detalhadamente nos jornais Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo - Estadão - e em alguns sites especializados em política entre os meses de abril a agosto de 2014 - período (pré)eleitoral - e, por outro, as razões conjunturais (políticas, sociais, históricas) que possibilitaram a emergência de tal enunciado. (AU)