Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da fisiologia do crescimento de tourinhos de grupos genéticos distintos submetidos a diferentes planos nutricionais durante a fase de recria no pasto

Processo: 14/26047-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Telma Teresinha Berchielli
Beneficiário:Elias San Vito
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Expressão gênica   Forragem

Resumo

A compreensão da fisiologia do crescimento animal é de extrema importância na produção de bovinos de corte, uma vez que a proporção e taxa com que os tecidos são depositados podem influenciar no ganho de peso e na composição do ganho, estando intimamente relacionada com a rentabilidade dos sistemas pecuários. Investigações sobre a forma como o metabolismo de deposição de tecidos muda durante a fase de alimentação e a utilização de estratégias nutricionais irão melhorar a capacidade de produzir carcaças de alta qualidade. O presente projeto visa avaliar as interações entre os processos que contribuem com o crescimento animal e impactam na qualidade da carne de tourinhos de diferentes grupos genéticos submetidos a dois planos nutricionais. Para isso, serão coletadas amostras e utilizados dados de um total de 162 animais, oriundos de três grupos genéticos distintos (Nelore, ½ Angus x ½ Nelore e Senepol), recriados em dois planos nutricionais na época das águas. Quarenta e oito animais de cada grupo genético serão designados a dois planos nutricionais, em um esquema fatorial 2 x 3 (dois planos nutricionais e três grupos genéticos), sendo 24 repetições por tratamento. Os planos nutricionais serão: sal mineral e aditivo em 0,03% do peso corporal ou suplementação em 0,3% do peso corporal com concentrado. Animais referência serão abatidos no início e final da fase de recria. Inicialmente serão abatidos 18 animais, sendo seis de cada grupo genético, que serão utilizados como referência, e 24 animais (quatro de cada tratamento) serão abatidos ao final da fase de recria. Serão avaliados: a eficiência alimentar, a deposição de tecido muscular e adiposo, os parâmetros sanguíneos, o ganho de peso e da carcaça, e a adipogênese e expressão de genes que envolvem a deposição de tecidos muscular e adiposo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.