Busca avançada
Ano de início
Entree

Um retrato clinico da população enlutada do LELu da PUCSP em 2014

Processo: 14/20601-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2015
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Maria Helena Pereira Franco
Beneficiário:Sophia Porto Kalaf
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento psicológico   Psicoterapia   Luto   Avaliação clínica   Inquéritos e questionários   Análise de conteúdo   Entrevistas (psicologia)
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:avaliação clínica | Luto | psicodiagnostico do luto | psicoterapia do luto | Psicologia Clinica, Luto

Resumo

O luto é um processo natural e esperado em resposta ao rompimento de um vínculo. Sendo assim, é vivenciado de maneiras diversas por cada indivíduo, revelando seu caráter multidimensional. O presente estudo representa a continuação e o aprofundamento de pesquisa realizada entre 2013 e 2014, que visou responder ao problema "qual é a população que busca psicoterapia de luto no Laboratório de Estudos e Intervenções sobre o Luto - LELu". Para tal, foi realizada análise documental de 90 questionários Hogan Grief Reaction Checklist (HGRC), respondidos por pacientes enlutados que procuraram o LELu, entre 2011 e 2012, na Clínica Psicológica Ana Maria Poppovic (PUC-SP), como parte do processo regular de triagem psicológica especializada para essa população. As informações coletadas fundamentaram a identificação de fatores de risco e de proteção para luto complicado e focalizaram as associações entre gênero, causa da morte, relação entre enlutado e falecido, analisadas a luz dos indicadores oferecidos pelo instrumento: culpa, raiva, crescimento pessoal, afastamento. A partir desses resultados, a continuação implica a análise quantitativa e qualitativa dos conteúdos obtidos com a mesma população, visando especificar necessidades de psicoterapia e possibilidades de oferta de atendimento psicológico especifico. Os questionários HGRC serão pareados com os relatos das respectivas duas entrevistas de triagem que habitualmente são feitas com todos que buscam psicoterapia no LELu, possibilitando a análise de conteúdo dessas entrevistas juntamente com a interpretação das respostas ao HGRC, numa estudo que, metodologicamente, se descreve como de estudos de caso múltiplos, possibilitando uma compreensão ampla das condições de luto dessa população quanto a causa de morte, gênero do enlutado, grau de parentesco, qualidade do vínculo, tempo decorrido entre a morte e a procura, entre outros. O material será coletado pelos psicólogos que atendem no LELu, como sua rotina de triagem, e analisados pela pesquisadora, garantindo-se as condições de sigilo quanto a identidade do participante. Serão realizados estudos de caso de todos os pacientes adultos que procurarem o LELu no ano de 2014. Espera-se com os resultados obter, além de uma descrição detalhada demográfica e clinica desta população, indicações precisas sobre as intervenções psicoterapêuticas indicadas para cada caso. Como se trata de análise documental, não há necessidade de submissão ao comitê de ética em pesquisa com seres humanos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)