Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização dos elementos regulatórios em promotores de citros

Processo: 14/25077-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Beatriz Madalena Januzzi Mendes
Beneficiário:Lígia Erpen
Supervisor no Exterior: Manjul Dutt
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Florida, Gainesville (UF), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/19700-2 - Promotores constitutivos de Citrus sinensis: isolamento e avaliação de sua eficiência na expressão do gene uidA (GUS) em Solanum lycopersicum e Citrus sinensis, BP.DR
Assunto(s):Citrus   Clonagem

Resumo

A transgenia é uma ferramenta muito utilizada em programas de melhoramento de plantas, podendo fornecer soluções para os principais problemas que afetam as espécies cítricas. O sucesso da tecnologia de transferência de genes depende da seleção de um promotor apropriado, que induza a expressão do transgene em níveis adequados. Entre os promotores usualmente utilizados, destaca-se o promotor constitutivo CaMV35S, isolado do vírus do mosaico da couve-flor, caracterizado pela capacidade de conferir forte expressão do transgene. No entanto, novas abordagens de transformação de plantas (intragenia e cisgenia) requerem o uso de material genético derivado da própria espécie ou de espécies relacionadas. Dessa forma, é necessário aumentar a disponibilidade de promotores constitutivos derivados de citros para transformação genética. O objetivo do projeto de doutorado é identificar e isolar os promotores constitutivos de Citrus sinensis como uma alternativa ao promotor CaMV35S. Assim, a região promotora dos genes GAPDH (gliceraldeído-3-fosfato-desidrogenase), EF1-± (fator de elongação 1-±) e CYP (ciclophilina) foram inseridos em um vetor de transformação fusionado ao gene uidA (GUS). Sua funcionalidade foi confirmada pela capacidade em dirigir a expressão do gene GUS em plantas transgênicas de citros. Para complementar a pesquisa, é importante identificar as sequências regulatórias presentes nos promotores em estudo, por meio de análises de deleção. Essa caracterização é essencial para entender os níveis de expressão do gene de acordo com a condição biológica que as plantas serão submetidas e permitirá definir qual o tamanho mínimo necessário do promotor para obter o efeito desejado na expressão gênica. (AU)