Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da resposta de células-tronco tumorais de cabeça e do pescoço sob várias estratégias terapêuticas para superar a resistência à quimioterapia

Processo: 15/00887-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 04 de maio de 2015
Vigência (Término): 03 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Eny Maria Goloni Bertollo
Beneficiário:Ana Lívia Silva Galbiatti Dias
Supervisor no Exterior: Silvana Papagerakis
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Michigan, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/15009-6 - Identificação de células tronco tumorais em câncer de cabeça e pescoço: expressão gênica e proteica na resposta a quimioterapia, BP.PD
Assunto(s):Quimioterapia

Resumo

Introdução: Evidências atuais sugerem que o início, crescimento e invasão do câncer são movidos por células-tronco tumorais (CTT). Além disso, o tratamento de quimioterapia para câncer de cabeça e pescoço (CCP) tem mostrado resultados desfavoráveis devido à resistência do tumor devido a CTT. Objetivos: Compreender e acompanhar todas as técnicas relacionadas a identificação de CTT em tumores de cabeça e pescoço para o desenvolvimento de parte do projeto de pós-doutorado no Brasil. Além disso, propõe-se investigar a resposta das CTT sob várias estratégias terapêuticas para superar a resistência à quimioterapia. Materiais e Métodos: Primeiramente todas as técnicas de identificação de CTT serão acompanhadas para aprendizagem. Em seguida, haverá identificação do marcador CD44 em linhagem de CCP e será determinado se esta população celular tem propriedades de células estaminais do câncer por diferentes abordagens. As técnicas a serem utilizadas são ensaio de cultura celular, citometria de fluxo, Ensaio "Wound", Ensaio de formação de colônias, PCR em tempo real. Análise estatística será realizada pelo teste t Student entre dois grupos (CD44 + e CD44-). Os dados serão apresentados como média ± SD. Valor de P <0,05 será considerado estatisticamente significativa. Além disso, as técnicas de aprendizagem incluem ensaios de fluxo de adesão, técnicas experimentais in vivo e in vitro em modelos, entre outras). As técnicas que serão aprendidas sobre modelos in vitro serão aplicadas no Brasil em um projeto futuro. (AU)