Busca avançada
Ano de início
Entree

Dieta cetogênica clássica e modificada: avaliação do potencial terapêutico e impacto sobre o perfil oxidativo, lipidômico, inflamatório e tamanho de lipoproteínas em crianças e adolescentes com epilepsia refratária

Processo: 14/26094-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2015
Vigência (Término): 05 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Nágila Raquel Teixeira Damasceno
Beneficiário:Patricia Azevedo de Lima
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dieta cetogênica   Oxidação   Epilepsia   Lipoproteínas   Ácidos graxos monoinsaturados   Metabolismo dos lipídeos   Ácidos graxos ômega-3

Resumo

A dieta cetogênica é um tratamento não farmacológico prescrito especialmente para crianças e indicado na maioria dos centros especializados para pacientes com epilepsia refratária. A composição da dieta cetogênica é baseada no alto teor de gorduras, baixo teor de carboidratos e teor proteico moderado, sendo a produção de corpos cetônicos o mecanismo provável envolvido no controle das crises epilépticas. A relação entre o tratamento da dieta cetogênica e as mudanças nas características oxidativas, físicas e lipídicas ainda não estão bem estabelecidas. Alguns trabalhos mostram aumento significativo no total de colesterol e triacilgliceróis em crianças sob tratamento com dieta cetogênica, no entanto outros trabalhos demonstram que as alterações no perfil lipídico em longo prazo não parecem ser significativas, além da influência dessas mudanças nas doenças coronarianas serem desconhecidas. Os estudos realizados nas últimas duas décadas têm demonstrado que além das alterações no perfil lipídico, as modificações oxidativas das lipoproteínas são essenciais à iniciação e progressão da aterosclerose e as propriedades físicas das lipoproteínas também parecem estar envolvidas neste processo, sugerindo que o tamanho das partículas de lipoproteínas, através da análise das suas subfrações pode fornecer mais detalhes do risco cardiovascular. Neste sentido, este trabalho pretende comparar os efeitos da dieta cetogênica clássica com a dieta cetogênica modificada com menor teor de ácidos graxos saturados e maior teor de monoinsaturados e polinsaturados, nas mudanças oxidativas da LDL, no perfil lipidômico, na concentração de antioxidantes, na produção de citocinas inflamatórias e nas subfrações de LDL e HDL em crianças e adolescentes com epilepsia refratária, além do efeito clínico no controle da epilepsia. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE LIMA, PATRICIA AZEVEDO; PRUDENCIO, MARIANA BALDINI; MURAKAMI, DANIELA KAWAMOTO; DE BRITO SAMPAIO, LETICIA PEREIRA; FIGUEIREDO NETO, ANTONIO MARTINS; TEIXEIRA DAMASCENO, NAGILA RAQUEL. Effect of classic ketogenic diet treatment on lipoprotein subfractions in children and adolescents with refractory epilepsy. NUTRITION, v. 33, p. 271-277, JAN 2017. Citações Web of Science: 6.
LIMA, PATRICIA AZEVEDO; DE BRITO SAMPAIO, LETICIA PEREIRA; TEIXEIRA DAMASCENO, NAGILA RAQUEL. Ketogenic diet in epileptic children: impact on lipoproteins and oxidative stress. NUTRITIONAL NEUROSCIENCE, v. 18, n. 8, p. 337-344, NOV 2015. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.