Busca avançada
Ano de início
Entree

Conservação e preservação: importância do Engenho São Jorge dos Erasmos

Processo: 14/20687-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Carlos Roberto Monteiro de Andrade
Beneficiário:Marisa Elisabete Ferreira Cândido
Instituição-sede: Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos (IAU). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Engenhos   Patrimônio arquitetônico   Preservação arquitetônica   Restauração museológica

Resumo

As ruínas Engenho São Jorge dos Erasmos, atualmente é um patrimônio tombado, em diversas instâncias. Elas são enquadradas em um estágio de tombamento ainda pouco trabalhado no território brasileiro. E, juntamente com as ruínas presentes onde hoje é o Museu de São Miguel, no sul do país, são consideradas um dos poucos exemplos de patrimônio em estado de ruína no Brasil. Apesar de ser um tema muito trabalhado nas teorias de restauro europeias, as ruínas são pouco exploradas nas pesquisas e nas análises de preservação e conservação no Brasil, devido aos poucos exemplos que resistiram ao tempo, e ao interesse ainda crescente frente a esse assunto. O Engenho é um objeto de importância considerável, pois, além do seu caráter diferencial, por encontrar-se em estado de ruína, ele também é um dos exemplos de engenhos coloniais ainda presentes na região sudeste do país. O Engenho possuía muita importância econômica na região competindo com o nordeste brasileiro nos séculos XVI e XVII. O objetivo dessa pesquisa é trabalhar sobre o tema da conservação, preservação e restauração do Engenho em questão, além de relacioná-lo com as teorias já existentes na Europa sobre o assunto. Para isso serão realizados levantamentos bibliográficos, visitação do local, além da análise e, posteriormente, formulação de relações entre o objeto trabalhado e as proposições feitas por essas teorias. (AU)