Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos estruturais da enzima topoisomerase II mitocondrial de tripanossomatídeos

Processo: 14/15145-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2015
Vigência (Término): 06 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Glaucius Oliva
Beneficiário:Fernanda Cristina Costa
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07600-3 - CIBFar - Centro de Inovação em Biodiversidade e Fármacos, AP.CEPID
Bolsa(s) vinculada(s):16/08958-7 - Explorando o uso de nova tecnologia de edição de genoma como uma abordagem rápida para o estudo da biologia de topoisomerases em Trypanosoma Cruzi, BE.EP.PD
Assunto(s):Trypanosoma   Leishmania   Cristalografia de proteínas   Doenças negligenciadas   Inibidores da topoisomerase

Resumo

Doenças tropicais negligenciadas afetam a vida de um sexto da população mundial, sendo características das populações mais pobres. São dezessete doenças infecciosas causadas por patógenos biologicamente distintos, como bactérias, vermes, helmintos e protozoários. As causadas por protozoários tripanossomatídeos, tais como tripanossomíase africana (doença do sono), leishmaniose e tripanossomíase americana (doença de Chagas), são de alta prevalência e impacto. Os fármacos atualmente utilizados no tratamento dessas doenças apresentam severos efeitos colaterais e casos de resistência são relatados, o que torna de extrema importância a seleção de novos alvos moleculares e o desenvolvimento de agentes quimioterápicos inovadores. Topoisomerases são enzimas envolvidas na regulação do superespiralamento do DNA resolvendo problemas topológicos associados com replicação, transcrição, recombinação e reparo. As topoisomerases do tipo II são essenciais para tripanossomatídeos por atuarem na replicação e organização do DNA contido em uma região especializada da mitocôndria denominada cinetoplasto. DNA topoisomerases são alvos quimioterápicos descritos para bactérias (quinolonas) e câncer (camptotecina). O gene da topoisomerase II foi identificada nos kinetoplastidas: Crithidia fasciculata, Leishmania donovani, L. infantum, L. chagasi, Trypanosoma brucei, T. cruzi e Bodo saltans. Em relação à proteína homóloga humana há baixa conservação, apresentando 30-35% de identidade e 45-65% de similaridade, o que a torna um alvo molecular atrativo. Este projeto de pesquisa visa a elucidação da estrutura tridimensional da topoisomerase II mitocondrial de tripanossomatídeos, e/ ou de seus domínios estruturais, permitindo a melhor compreensão dos aspectos moleculares da ligação de inibidores conhecidos e busca por novos inibidores seletivos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.